Coordenação de Comunicação Social 10/12/2010



Baixar 180,08 Kb.
Página1/4
Encontro30.07.2018
Tamanho180,08 Kb.
  1   2   3   4

Coordenação de Comunicação Social





10/12/2010 | Esportes | PE

Bala cobra R$ 3 milhões na Justiça

Nome mais falado no cenário esportivo pernambucano nos últimos dias, o atacante Carlinhos Bala terá uma audiência na Justiça do Trabalho contra o Náutico, na próxima semana. Em um programa de rádio, o procurador do atacante, Romerito Jatobá, afirmou que entre salários atrasados, multas contratuais (Bala foi dispensado do Náutico em julho), não recolhimento de FGTS e pagamento de férias e 13º salário, a causa do atleta pode chegar a R$ 3 milhões. O Timbu contesta esse valor.

De acordo com o presidente alvirrubro Berillo Júnior, que é advogado trabalhista, mesmo que Bala vença a causa, o valor a ser pago não chegaria a R$ 300 mil. Em hipótese alguma esse montante chega a R$ 3 milhões. Nem se o processo corresse a revelia. Primeiro porque ele não tem direito à cláusula penal do contrato, que é pago apenas ao clube e não ao jogador segundo o Tribunal Superior do Trabalho. Além disso, vamos alegar que ele foi dispensado por justa causa, por ter cometido um ato de indisciplina. E se o juiz entender assim, ele receberá apenas os dias de salários atrasados , afirmou Berillo.

Segundo o mandatário timbu, O Náutico deve a Carlinhos Bala um mês e alguns dias de salário. A reportagem do JC tentou entrar em contato com Romerito Jatobá, mas o mesmo não atendeu as ligações.

10/12/2010 | Economia

Indústria - Philips fecha hoje sua fábrica no Estado

A fábrica da Philips, no Curado, Zona Oeste do Recife, fecha hoje suas portas depois de 43 anos atuando na região. Cerca de 500 funcionários (diretos e indiretos) serão desligados da empresa, que será transferida para a China. A partir das 8h, o Sindicato dos Trabalhadores Metalúrgicos de Pernambuco (Sindmetal-PE) realiza ato público-solidário em frente à unidade para marcar o encerramento e orientar os trabalhadores.

O anúncio do fechamento da planta foi feito no dia 12 de novembro em reunião com a diretoria e o corpo de funcionários. De acordo com a Philips, a decisão foi tomada em consequência da crise econômica de 2008. Em nota divulgada no mês passado, a fábrica afirmou que os produtos passarão a ser importados de outras unidades da multinacional na Europa e Ásia. O prédio do Recife passará a funcionar apenas como uma central de distribuição.

Em assembleia geral, a Philips assumiu o compromisso de capacitar os trabalhadores demitidos, arcando com as despesas referentes a cursos profissionalizantes no Senai e Senac e encaminhá-los para outras empresas do setor. As aulas estão marcadas para começar em fevereiro de 2011 e, segundo o presidente do Sindmetal-PE, Alberto Alves, seis empresas do setores de autopeças, bens de capital e eletroeletrônica já estão realizando o processo seletivo.

As verbas indenizatórias foram acertadas de forma individual e obedecerão basicamente três critérios: tempo na empresa, existência de doenças relacionadas ao trabalho e entrada no pedido de aposentadoria. Um colaborador empregado a dois anos, por exemplo, teria direito, pelo acordo-base da categoria, a R$ 4.250. Mas, graças às negociações, receberá R$ 5.600. Já um funcionário com 15 anos de empresa ganhará R$ 14.800, em vez dos R$ 7.800 a que teria direito inicialmente. Quem estava perto de se aposentar não perderá o benefício e ainda deverá receber um adicional de 16 salários, garantiu Alberto. Além disso, a Philips pagará três meses de assistência médica a partir de janeiro. O pagamento das verbas rescisórias está previsto para 22 e 23 deste mês.




  1   2   3   4


©livred.info 2017
enviar mensagem

    Página principal