Colégio Sagrado Coração de Jesus



Baixar 42,25 Kb.
Encontro06.07.2017
Tamanho42,25 Kb.



Colégio Sagrado Coração de Jesus


Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio, Curso Normal



Nome:

N.º:
Turma: N.1

Disciplina: FUND. HIST. DA EDUCAÇÃO

Professor(a): MARIEL

Data: ____ / ____ / 2009



Atividade Avaliativa – valor: ______ p.


A EDUCAÇÃO NOS TEMPOS MODERNOS
            Até o final da Idade Média ( meados do século XV ), todos os cristãos, isto é, aqueles que seguiam os ensinamentos de  Jesus Cristo, permaneceram unidos em torno da autoridade do Papa, o bispo de Roma. Mas, no início da  Idade Moderna (século XVI), alguns líderes religiosos passaram a protestar contra o que consideravam abusos da autoridade papal e a não mais obedecer ao Papa, separando-se da Igreja  de Roma. Assim, Calvino criou o Calvinismo na Suíça, Lutero fundou o Luteranismo na Alemanha e Henrique VIII iniciou o movimento anglicano na Inglaterra.

            A partir desses fatos, os cristãos dividiram-se em dois grandes grupos opostos: de um lado, os católicos, que permaneceram fiéis à autoridade Papal; de outro lado, os protestantes, submetidos a várias autoridades, dependendo de sua orientação.

            Mas esse movimento não foi tão simples: houve muitas guerras religiosas. Ainda nos últimos anos, na Irlanda do Norte, verificaram-se inúmeros conflitos armados entre católicos e protestantes.

            Durante toda a Idade Média a educação foi controlada pela Igreja e tinha como principal finalidade educar o indivíduo segundo os ensinamentos das Sagradas Escrituras, interpretados pelas autoridades eclesiásticas. E durante a Idade Moderna a religião não deixou de exercer sua influência quase exclusiva sobre a Educação.  

Entretanto, agora os cristãos estavam divididos e o controle educacional exercido pela Igreja de Roma começou a ser controlado pelos protestantes.

            Para MARTINHO LUTERO (1483 – 1546), a educação deveria se libertar das amarras que a prendiam à Igreja e subordinar-se  ao Estado, ficando ao seu encargo o controle da freqüência obrigatória aos súditos de enviarem seus filhos à escola. No currículo proposto por Lutero, constava o ensino do grego e latim, acrescentou a língua hebraica, incluiu a lógica e as matemáticas e deu grande ênfase à ciência, à música e à ginástica.

            Mas, as grandes transformações que ocorreram na passagem da Idade Média para a Idade Moderna – grandes navegações, surgimento da burguesia e do capitalismo, fortaleceram o movimento no sentido de que a autoridade da Igreja ficasse restrita aos assuntos religiosos, deixando de controlar a política, a economia, a ciência e a educação.

                        FRANCIS BACON ( 1561 – 1626), GALILEU GALILEI ( 1564 – 1642) e RENÉ DESCARTES foram três pensadores que contribuíram de maneira especial para o desenvolvimento da ciência moderna, independente da autoridade eclesiástica e construída a partir da observação e do estudo da natureza.

Assim, FRANCIS BACON propôs a utilização do método indutivo, o qual observa-se diretamente o mundo da natureza ao invés de  limitar-se a consultar os textos aristotélicos e bíblicos.

            Para RENÉ DESCARTES, nunca se deve aceitar por verdadeira coisa alguma que não se conheça como evidente, dividir cada uma das dificuldades em tantas partes quantas for possível e necessário para sua mais fácil solução, conduzir por ordem os conhecimentos, começando pelos mais fáceis para chegar depois aos mais complexos e, finalmente, fazer enumerações tão completas e revisões tão gerais que se possa ater segurança de não se ter omitido nada.

            Embora mais orientadas ao desenvolvimento da ciência, as contribuições de Bacon, Galileu e Descartes tiveram repercussões na educação, propondo um estudo e aprendizagem de forma científica e seguindo métodos bem planejados.

            Por fim, COMENIUS ( João Amós Comênio, 1592 – 1670), pastor e bispo dos morávios, foi sem dúvida o mais importante pensador educacional d século XVII. Escreveu mais de cem tratados e livros educacionais, sobre os mais diversos assuntos. As principais idéias educacionais de Comenius estão contidas na sua obra Didática Magna, em que se trata especialmente a Finalidade da educação, o Conteúdo da educação, o Método e a Organização das escolas. Resumindo, Comenius tentou aplicar o método científico ao estudo das línguas e formulou os princípios gerais da didática, dentre suas idéias constam:



  • Finalidade da educação: felicidade eterna com Deus, em consonância com a natureza;

  • Conteúdo da educação: ensinar tudo a todos;

  • Método: indutivo, de acordo com a natureza; propôs o ensino direto, prático e sistemático, começando do mais simples.


PESQUISA : VALOR  20 PONTOS

Após a leitura preparatória do texto acima, pesquise sobre Comenius que chegou a NOVE PRINCÍPIOS EDUCATIVOS. Estude-os e escolha 1( um ) entre os nove, e faça um trabalho sobre ele, podendo ser em forma de cartaz, uma pintura ou desenho ilustrativo, um poema ou mesmo em forma dissertativa, para apresentar em sala. Deixe seu trabalho pronto para facilitar a entrega do mesmo no retorno das aulas, ok?
Até a volta!

Profª Mariel Granato



Fundamentos Históricos da Educação



©livred.info 2017
enviar mensagem

    Página principal