Clodoaldo de Paiva



Baixar 10,84 Kb.
Encontro16.07.2017
Tamanho10,84 Kb.



PROJETO DE LEI Nº 123, DE 2004
Dá denominação de Monsenhor Dr. "Clodoaldo de Paiva" ao trevo da SP 147, km 62+450m x SP 340, km 161+0m.


A ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DO ESTADO DE SÃO PAULO DECRETA:

Artigo 1º - Passa a denominar-se “Monsenhor Dr. Clodoaldo de Paiva” o trevo da SP 147, km 62 + 450m x SP 340 km 161+ 0 m do Trevo de Limeira.

Artigo 2º - Esta lei entrará em vigor na data de sua publicação.

JUSTIFICATIVA

Monsenhor Dr. Clodoaldo de Paiva, nasceu na cidade de Socorro, no Estado de São Paulo, em 06 de abril de 1928, filho de Sebastião Teixeira de Paiva e de Dona Daria Báfero de Paiva.


Cursou teologia na Faculdade Teológica “Nossa Senhora da Assunção” da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, recebendo os títulos de Bacharel e foi licenciado em Teologia Dogmática.
Sua ordenação sacerdotal foi conferida por D. Paulo de Tarso Campos em Campinas, em 06 de dezembro de 1953, sendo cooperador na Paróquia de São José Mogi-Mirim.
Em 1954, fundou o jornal infantil “Pixinguinha” e foi professor em diversas instituições como o Seminário Diocesano de Campinas, da Sagrada Escritura no Curso Superior para intelectuais em Campinas, do curso Superior de Religião para Religiosas e Leigas, em Campinas, do Colégio Santa Maria, do Curso de Preparação de Assistentes Sociais em Campinas, e na Universidade Católica de Campinas.
É fundador de várias Irmandades e Associações religiosas, como a congregação da Doutrina Cristã, da Irmandade do Santíssimo Sacramento, da Liga de São José, do Apostolado da Oração, da Pia União das Filhas de Maria e Congregação Mariana, e do Fraterno Auxílio Cristã entre outros.
Dentre várias atividades que desenvolveu em sua vida, o Monsenhor Clodoaldo ajudou na construção do Salão da Paróquia “Nossa Senhora Aparecida”, na Fundação da Folha Paroquial “Cristo Rei”, do Coral “São Gregório Magno”, na criação do Recanto de Diversão Infantil, na construção do 2º Salão Paroquial Betel, do Museu Paroquial.
Foi também homenageado na Câmara Municipal de Três Corações sob a presidência do Dr. Paulo Sandy, com o Diploma “Violeiros de Três Corações” em 30 de novembro de 2001.

Nada mais justo que homenageá-lo em vida.


Isto posto, contamos com o apoio de nossos ilustres pares, para a aprovação da presente propositura.


Sala das Sessões, em 9/3/2004




a) Célia Leão - PSDB


SPL - Código de Originalidade: 504677 080304 1558





©livred.info 2017
enviar mensagem

    Página principal