Código de Conduta



Baixar 21,8 Kb.
Encontro10.07.2018
Tamanho21,8 Kb.

TÊNIS - Código de Conduta

Princípios

1. Postura ética.

 Tênis é um jogo que requer cooperação e ética dos praticantes, portanto evite:


  • Fazer comentários em voz alta após os pontos

  • Reclamar sobre golpes (lob ou curtinha) do adversário

  • Desmoralizar um oponente tecnicamente mais fraco

  • Exibir descontrole emocional: gritos, palavrões, atirar a raquete, bater na bola com violência

  • Atrasar deliberadamente o andamento do jogo.

2. Ponto jogado é ponto válido.

Exemplos:



  • Depois do jogo um jogador descobre que a rede está alta demais. O jogo é válido.

  • Após o ponto, o jogador percebe que seu adversário sacou do lado errado. O ponto é válido e o posicionamento do próximo saque corrigido.

  • Durante o ponto o jogador percebe erro na contagem. O ponto deve ser jogado até o final, quando então será proposta correção na contagem.

Aquecimento


  • O aquecimento deve durar de 5 a 10min e durante este tempo o tenista deve bater a bola sempre na direção de seu oponente.

  • O aquecimento do saque deve ser praticado e finalizado antes do início do jogo. Recomenda-se não praticar resposta de saque, quando o adversário estiver aquecendo o saque.

Marcação das bolas dentro ou fora


  • Cada jogador canta somente o seu lado da quadra.

  • O adversário tem o benefício da dúvida.

  • Jogador só pode marcar bola fora se for nitidamente distante da linha. Em caso de bola duvidosa o ponto deve continuar sendo jogado, ou ser concedido ao adversário.

  • Se 99% da bola tocou fora da linha, esta bola é 100% dentro. Ponto do adversário.

  • "Eu não tenho certeza se a bola foi dentro ou fora; vamos repetir o ponto." Se você não tem certeza é porque o a bola foi dentro. Ponto do adversário.

  • Em caso de duplas quem está mais perto da bola, de preferência em sentido paralelo da linha, deve cantar os pontos. É muito difícil, em diagonal à trajetória da bola, cantar com precisão.

  • Todos os pontos possuem a mesma importância. Tanto o último quanto o 1o. ponto do jogo devem ser marcados com a mesma precisão.

  • Em caso de dúvida você pode solicitar a opinião do seu adversário, que terá que ser respeitada. Caso ninguém tenha conseguido ver a bola com clareza é ponto do adversário.

  • Caso o jogador cante "fora" e continue o ponto devolvendo a bola dentro da quadra adversária e perceba posteriormente que a bola foi "dentro", o ponto deve ser interrompido e o saque reiniciado. Caso tenha ocorrido no 2o. saque o adversário tem direito a dois saques. Caso o jogador que cantou "fora" não tenha continuado o ponto corretamente (a bola não passou da rede, ou foi fora) o ponto deve ser dado ao adversário.

  • Todos os jogadores são responsáveis pela correta marcação dos pontos. Exemplo: você rebateu a bola e percebeu que ela saiu. Seu adversário inadvertidamente continuou o ponto. Você então deve interromper a disputa e dar o ponto para ele.

  • Todas as marcações devem ser claramente sinalizadas, não importando o quão distante a bola caiu da linha. Bola dentro: silêncio e mão espalmada para baixo. Boa fora: grito de "não" ou "out" e dedo indicador apontando para lateral ou para cima. Quaisquer outras palavras ou gestos podem gerar confusão.

  • O adversário pode questionar o jogador sobre sua marcação na forma: "Você tem certeza sobre esta marcação ?" Caso o jogador confirme, a bola é dentro. Caso ele fique na dúvida a bola é fora. Porém somente o jogador que está do lado onde a bola caiu pode corrigir sua marcação inicial. Caso isto não ocorra, não poderá haver mais nenhum questionamento a respeito.

  • Só os jogadores podem opinar sobre marcações. Espectadores não devem ser consultados.

  • A marcação do ponto deve ser realizada imediatamente após o quique da bola, ou antes que o adversário continue o ponto. Pontos marcados tardiamente geram confusão.

  • Quando uma bola que não está em jogo invade a quadra, qualquer jogador pode imediatamente interromper o ponto. Caso isto não ocorra significa que ambos concordam em continuar o ponto.

Neste caso não poderá haver reclamações posteriores.

  • O jogador deve imediatamente se acusar dando o ponto ao adversário quando: a bola toca seu corpo; ele toca na rede com o corpo ou com a raquete; invade a quadra por cima da rede; a bola toca duas vezes sua raquete; a bola toca duas vezes o chão; a bola passa por dentro da rede.


Saque


  • Qualquer jogador pode marcar toque da bola na rede. Este deve ser marcado imediatamente, se possível antes do saque ser rebatido.

  • Representa deselegância com o adversário rebater os saques claramente fora.

  • O sacador deve esperar o devolvedor se posicionar adequadamente. O devolvedor não deverá rebater o saque caso não esteja posicionado adequadamente. Caso ele tente devolver o saque presume-se que ele esteja preparado.

  • Após o 1º saque o sacador tem direito novamente a 2 saques quando: seu movimento de 2º saque foi interrompido por uma invasão de bola; o recebedor demorou a posicionar-se; houve alguma interferência externa que atrasou o 2º saque.


Placar


  • Sacador deve canta o placar sempre antes do início dos games e após cada ponto disputado.

  • Métodos para solucionar desacordos em relação ao placar: recontar todos os pontos e games e jogar novamente os pontos ou games em disputa; reiniciar o jogo em placar de comum acordo; sortear quem está com a razão sobre o placar correto.

Distrações


  • O jogador não deve falar durante os pontos. Caso o falatório do jogador prejudique a resposta do adversário o jogador perde o ponto. Exemplo: jogo de duplas. Jogador 1 dá um lob muito curto e grita para seu parceiro (jogador 2) voltar para o fundo. O adversário antes de bater na bola pode requisitar o ponto para si, afirmando que fora distraído. Caso decida bater na bola e erre, não poderá reclamar o ponto depois.

  • O jogador pode mudar de posição a qualquer momento, inclusive no lançamento do saque do adversário. Entretanto não é permitido realizar movimentos (balançar braços ou raquete, dançar) ou fazer barulhos (bater pés no chão, gritar, falar) com o intuito de distrair o adversário.

  • O jogador deve evitar realizar grunhidos, gemidos e todos os tipos de vocalizações. Caso um jogador se sinta prejudicado poderá solicitar a observação de um árbitro. Dependendo das circunstâncias o árbitro pode julgar o caso como sendo uma distração e desta forma marcar bola na rede ou perda do ponto.


Postura em torneios


  • O jogador somente pode retirar-se de torneios caso esteja lesionado, doente, em emergência pessoal ou por outro motivo justificado. Caso não possa comparecer ao compromisso, tanto a organização quanto o adversário devem ser comunicados antecipadamente. Não haverá reembolso da inscrição.

  • Não é permitido jogar sem camisa ou com roupas inadequadas.

Bolas


  • O jogador deve devolver bolas perdidas, oriundas de outras quadras, imediatamente. No entanto ele deve esperar o ponto terminar e devolver a bola preferencialmente para o sacador.

  • Se o jogador pegar a bola com a mão antes do quique. é ponto do adversário, não importando qual sua distância da linha.

Equipamento


  • Caso as cordas da raquete arrebentem durante o ponto, este deve ser jogado até o final.




©livred.info 2017
enviar mensagem

    Página principal