Categorias oficiais cspc ediçÃO 2013: infanto juvenil – Até 14 anos



Baixar 59,24 Kb.
Encontro08.12.2017
Tamanho59,24 Kb.


CATEGORIAS OFICIAIS CSPC EDIÇÃO 2013:
INFANTO JUVENIL – Até 14 anos - (Nascidos até 1999)

JUVENIL MASCULINO - 15 e 16 anos - (Nascidos em 1997 e 1998)

JUVENIL FEMININO - Até 16 anos - (Nascidas até 1997)

ELITE FEMININO – 17 anos em diante - (Nascidas anteriores a 1996)

JUNIOR - 17 e 18 anos – (Nascidos em 1995 e 1996)

ELITE-A - 19 anos em diante - por critério técnico (Nascidos anteriores a 1994)

ELITE-B - 19 a 29 anos – (Nascidos de 1994 a 1984)

SENIOR A - 30 a 39 anos – (Nascidos de 1983 a 1974)

SENIOR B - 40 a 49 anos – (Nascidos de 1973 a 1964)

MASTER - 50 a 59 anos – (Nascidos de 1963 a 1954)

VETERANO - 60 anos em diante – (Nascidos abaixo de 1953)

MOUNTAIN BIKE - Categoria única e livre idade
PREMIAÇÃO PERSONALIZADA EM CADA ETAPA:
CATEGORIAS OFICIAIS – Troféus exclusivos e personalizados com imagens da cidade-sede de cada etapa, do 1º ao 3º colocado e medalhas para o 4º e 5º colocado (*OBS: As categorias que tiverem menos de 8 participantes, por 3 etapas seguidas, passarão a serem premiadas somente com troféus para o 1º colocado e medalhas do 2º ao 5º colocado, nas etapas subsequentes.

Nas categorias onde se realizarão pontuações da 6ª até a 10ª colocação, nenhuma premiação será estendida até a 10ª colocação.

EQUIPE CAMPEÃ DE CADA ETAPA - 01 Troféu Exclusivo.
CALENDÁRIO 2013 (Atualizado até 17 de Fevereiro – Sujeito a alterações)

 


1º Semestre 2º Semestre

1ª Etapa - Abertura da CSPC: 03/03 - Bauru

9ª Etapa: 14/07 - Local a definir

2ª Etapa: 10/03 - Local a definir

10ª Etapa: 11/08 - Brodowski

3ª Etapa: 24/03 - Barrinha

4ª Etapa: 07/04 - Local a definir



11ª Etapa: 25/08 - Araraquara (Prova Ciclística 22 de Agosto - “Troféu Anésio Argenton” - Ranking CBC - Categoria 4)

5ª Etapa: 05/05 - Local a definir

12ª Etapa: 08/09 - Santa Rosa de Viterbo

6ª Etapa: 26/05 - Local a definir

7ª Etapa: 16/06 - Ibaté (Estrada)

8ª Etapa: 30/06 - Local a definir


13ª Etapa: 22/09 - Local a definir

14ª Etapa: 06/10 - Local a definir

15ª Etapa: 03/11 - Local a definir

16ª Etapa: 24/11 - Encerramento CSPC 2012 - Local a definir




PONTUAÇÃO PARA O RANKING DE CADA CATEGORIA POR ETAPA:

CATEGORIAS:

Elite A, Elite B e Sênior A: DEMAIS CATEGORIAS:

1º Colocado: 13 pontos 1º Colocado: 13 pontos

2º Colocado: 10 pontos 2º Colocado: 10 pontos

3º Colocado: 8 pontos 3º Colocado: 8 pontos

4º Colocado: 7 pontos 4º Colocado: 7 pontos

5º Colocado: 6 pontos 5º Colocado: 6 pontos

6º Colocado: 5 pontos

7º Colocado: 4 pontos

8º Colocado: 3 pontos

9º Colocado: 2 pontos

10º Colocado: 1 ponto
CATEGORIAS DE BASE - LIMITAÇÕES DE CÂMBIOS OBRIGATÓRIAS:

METRAGENS E AFERIÇÕES OFICIAIS PERMITIDAS PARA 2013
INFANTO JUVENIL - 6,22 M

JUVENIL MASCULINO - 7,03 M

JUVENIL FEMININO - 7,03 M

JUNIOR - 7,93 M

OBSERVAÇÕES:

1- A aferição é obrigatória antes do inicio da prova, sob a responsabilidade do técnico ou responsável pela equipe e após o término da prova, sob responsabilidade dos Diretores da Copa São Paulo de Ciclismo.


2- O ciclista que apresentar sua bicicleta com as marchas fora das especificações exigidas será desclassificado da prova, não cabendo recurso junto à comissão de árbitros.
INSCRIÇÕES - PROCEDIMENTOS

 

PROCEDIMENTO I



Do Preenchimento da Ficha de Inscrição:

 

Todos os inscritos durante a temporada anterior já estão com as fichas de inscrição prontas, completamente digitalizadas e impressas para serem assinadas, cabendo ao atleta apenas a apresentação das documentações exigidas no Procedimento II, assinar a ficha e indicar a sua EQUIPE, caso tiver sido mudada.

 

Será permitido realizar inscrições em uma categoria de Ciclismo (Speed) e outra na categoria Mountain Bike, mediante preenchimento das fichas de inscrição para cada categoria, assim como o pagamento das taxas de inscrições, porém devendo o atleta OPTAR em qual categoria irá competir naquela etapa, pois não será permitido disputar duas competições, mesmo que aconteçam em horários diferentes.

 

Para efeito de filiação à Federação Paulista de Ciclismo - FPC, a ficha de inscrição da Copa São Paulo de Ciclismo não substitui a ficha de inscrição exigida pela FPC e vice-versa. O atleta que optar filiar-se à Federação Paulista de Ciclismo deverá preencher a ficha de inscrição da FPC à parte, pelo próprio site, anexando toda a documentação exigida por ela.



 

Observação importante: Atletas menores de idade que vierem com documentação INCOMPLETA e sem a devida autorização assinada por seu pai ou responsável, NÃO LARGARÃO SOB HIPÓTESE ALGUMA.
O atleta que realizar sua inscrição como “avulso” não somará pontos para nenhuma cidade, por não ser considerado “equipe”, ficando proibido também, a todos os atletas avulsos, de competirem com uniformes de equipes filiadas, mesmo que não sejam atuais.
OBS: NÃO SERÃO PERMITIDAS INSCRIÇÕES DUPLAS, NA MESMA CATEGORIA, POR CONTA DE PERDA OU ESQUECIMENTO DE NÚMERO.
PROCEDIMENTO II - Das documentações exigidas:

 

A cópia da documentação será exigida uma única vez, independente do número de inscrições que o atleta realizar no decorrer do Campeonato (optando participar, ou nas categorias Speed ou Mountain Bike) obedecendo aos seguintes critérios:


A) ATLETA JÁ FILIADO A FEDERAÇÃO PAULISTA DE CICLISMO OU CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE CICLISMO, POR INTERMÉDIO DE OUTROS CAMPEONATOS OU LIGAS VINCULADOS A ESSES ÓRGÃOS:
• Ficha de inscrição da Copa São Paulo de Ciclismo devidamente preenchida e assinada;

• 01 foto 3x4 recente (preferencialmente idêntica a da carteirinha);

• Cópia do RG do responsável, caso o atleta seja menor de idade (apresentação obrigatória, sob pena de recusa da inscrição do menor);

• Cópia da carteirinha da FPC ou CBC - EDIÇÃO 2013 - acompanhada da carteirinha original.


OBS: Os atletas que entregaram sua foto 3x4 e as documentações exigidas durante a edição 2012 da Copa São Paulo de Ciclismo estão dispensados de entregarem para a temporada 2013.
B) ATLETA NÃO FILIADO A FPC/ CBC OU DEMAIS FEDERAÇÕES ESTADUAIS:
• Ficha de inscrição da Copa São Paulo de Ciclismo (devidamente preenchida);

• 01 foto 3x4 recente;

• Cópia do RG (ou documento equivalente);

• Cópia do RG do responsável, caso o atleta seja menor de idade (apresentação obrigatória, sob pena de recusa da inscrição do menor);

• Atestado médico, com carimbo do C.R.M do MÉDICO (NÃO SÃO PERMITIDOS FISIOTERAPEUTAS, EDUCADORES FÍSICOS OU QUALQUER OUTRO PROFISSIONAL DA ÁREA DA SAÚDE)
OBS: Os atletas que na edição 2012 entregaram toda a documentação acima exigida, não precisarão entregá-las novamente para competirem a temporada 2013. A única exceção a ser apresentada será o Atestado Médico que, anual e obrigatoriamente, sempre será renovado.

 

C) DOCUMENTAÇÃO PARA FILIAR-SE A FEDERAÇÃO PAULISTA DE CICLISMO (ATRAVÉS DA COPA SÃO PAULO DE CICLISMO):


A forma e a documentação exigida para a filiação de atletas e Clubes/Equipes pode ser consultada no site www.fpcilismo.org.br, link “filiação”.

 

PROCEDIMENTO III - Das taxas de inscrição:


R$ 15,00 (Quinze Reais) - Para ciclistas das categorias: INFANTO JUVENIL (Até 14 anos) e JUVENIL FEMININO (Até 16 anos) mediante “documentação COMPLETA” (apresentação obrigatória, sob pena de recusa da inscrição do menor);
R$ 25,00 (Vinte e Cinco Reais) - Para ciclistas e bikers (MTB) que apresentarem “documentação COMPLETA”, independente de estar filiado ou não à Federação Paulista de Ciclismo ou Confederação Brasileira de Ciclismo;

 

R$ 35,00 (Trinta e Cinco Reais) - Para ciclistas e bikers (MTB) que apresentarem “documentação INCOMPLETA” (exigida para a CSPC), independente de estar filiado ou não à Federação Paulista de Ciclismo e Confederação Brasileira de Ciclismo - a não ser que apresente a respectiva carteirinha de filiado, ou cópia dela.



 

PROCEDIMENTO IV

Da taxa-multa por perda ou esquecimento do número de identificação:
Para a temporada 2013 da CSPC, todo ciclista que perder, adulterar ou executar qualquer modificação no seu número de identificação, a Organização cobrará uma taxa-multa no valor de R$ 60,00 (sendo R$ 50,00 da taxa/multa, mais um adicional de R$ 10,00 para a confecção do número perdido, adulterado ou modificado, com a mesma identificação do anterior) onde o ciclista competirá com um número emprestado (provisório) fornecido pelos diretores ou assistentes, devendo devolvê-lo no final da prova.
A não devolução do número provisoriamente emprestado, a organização cobrará do faltoso o mesmo adicional de R$ 10,00 para confeccionar o número não devolvido. Em se tratando apenas de esquecimento do número, a taxa/multa permanece com o seu valor de R$ 50,00.
IMPORTANTE: A utilização de número que não seja o original da Copa São Paulo de Ciclismo - CSPC/FPC, de qualquer outro campeonato, torneio ou liga, implicará na desclassificação do atleta na etapa, antes da largada, durante ou após a Prova.
Em caso de queda ou acidente dentro das competições da CSPC, se for comprovado que seu número foi danificado ou veio a perder-se por intermédio do socorro médico no local, a organização fornecerá outro número ao atleta, com a mesma identificação do anterior, sem ônus para o ciclista.
OBS: A COPA SÃO PAULO DE CICLISMO e a sua arbitragem obedece as regras básicas da modalidade, estabelecida pelos órgãos máximos que a regem, quais sejam, Federação Paulista de Ciclismo - FPC, Confederação Brasileira de Ciclismo - CBC e a União Ciclística Internacional - UCI, para competições do gênero, no que se refere as questões disciplinares, tendo autonomia, portanto, para estabelecer regras próprias, como as que seguem abaixo, referentes à Categoria Mountain Bike e outras, estabelecida pela organização:
REGULAMENTO ESPECÍFICO PARA A CATEGORIA MOUNTAIN BIKE

PARA A COPA SÃO PAULO DE CICLISMOO
Visando não descaracterizar o tipo de Bicicleta/ Equipamentos utilizados nessa Categoria, denominada “Mountain Bike no asfalto” ou “Mountain-Speed”, como é assim denominada, e visando dar maior igualdade de condições a todos os atletas participantes dessa Categoria no que diz respeito à utilização de equipamentos, FICOU ESTABELECIDO, A PARTIR DO MÊS DE AGOSTO DE 2010, por decisão dos Diretores/ Árbitros da Copa São Paulo de Ciclismo, os seguintes itens a serem verificados e respeitados quanto ao EQUIPAMENTO (BICICLETAS) utilizados para essa Categoria e passível com sanção disciplinar de desclassificação, a saber:
- QUADRO: É permitida a utilização apenas de quadros específicos e característicos de bicicletas de Mountain Bike, sendo vedado o uso de quaisquer outros tipos de quadros, como os de bicicletas de estrada (Speed), ciclo-cross e outras;
- GUIDÃO: É permitida a utilização apenas de guidões convencionais para bicicletas de Mountain Bike (reto), com proibição de qualquer outro, ficando liberada a utilização de “bar-hands” e proibida a utilização de clips ou extensores de guidão;
- GARFO: Fica liberado a utilização de quaisquer tipos de garfos, com ou sem suspensão, retos ou curvos, de um ou dois braços, desde que caiba a roda no diâmetro 26`, devendo ser essa roda na mesma medida da roda traseira , em TAMANHO 26`;
- RODAS: Será permitida a utilização de rodas de ARO 29 e ARO 26 com perfil alto ou baixo e qualquer número de raios, EXCETO, as tidas rodas “palito”, (por conta de regulamento geral para rodas em competições ciclísticas estipulada pela UCI - por questões de segurança), ficando proibida toda e qualquer roda de ARO 27 (permitida apenas às categorias Speed),
- PNEUS: Fica liberado o uso de qualquer tipo de pneu, clincher com ou sem arame, pneus sem câmara, com câmara de ar convencional, etc, com ou sem cravos, obviamente do tamanho das rodas estipuladas (aros 26 ou 29);
- FREIOS: Fica liberada a utilização de qualquer tipo de freios, sejam eles cantilever, v-brake, disco ou qualquer outro;
- TRANSMISSÃO: Fica liberada qualquer metragem de transmissão, ou seja, o tamanho das coroas e pinhões, bem como, qualquer tamanho de pedivelas - 165, 170, 172,5, 175mm, etc, a critério do atleta;
- CÂMBIO: Fica liberado qualquer tipo de câmbio, DESDE QUE OS ADEQUADOS PARA BICICLETAS DE MOUNTAIN BIKE, com mudadores no guidão, convencionais de Mountain Bike, ficando proibida qualquer tipo de alavanca que não seja no guidão e com mudadores convencionais de Mountain Bike;
- PEDAIS E SAPATILHAS: É permitida a utilização de qualquer tipo de pedal, de encaixe ou firma-pé, de speed ou mountain bike, bem como, a utilização de qualquer tipo de sapatilha, de speed ou mountain bike.
Att.

Alessandro Giannini/ Wéder Teixeira

Diretores - Copa São Paulo de Ciclismo/ FPC

Comissários e Árbitros - Federação Paulista de Ciclismo.



©livred.info 2017
enviar mensagem

    Página principal