Casamento de joão nuno e



Baixar 113,4 Kb.
Encontro24.07.2018
Tamanho113,4 Kb.



CASAMENTO

DE

JOÃO NUNO E CÁTIA

IGREJA DA LAPA

PORTO, 4 DE AGOSTO 2007

Eucaristia Matrimonial
Entrada dos convidados

Obras variadas de música para órgão.



Entrada do noivo

Jesu, Joy of Man’s Desiring, J.S. Bach



Entrada da noiva

Marcha Nupcial, de Mendelssohn


Missa
Entrada do celebrante:

O Senhor dará vitória ao seu Ungido, A.Cartageno


Ritos Iniciais

Celebrante: Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo.

A graça e a paz de Deus, nosso Pai, e de Jesus Cristo, nosso Senhor, estejam convosco.



Todos: Bendito seja Deus que nos uniu no amor de Cristo.
Saudação de Acolhimento

Celebrante: Irmãos caríssimos, reunimo-nos com alegria na casa do Senhor para participarmos nesta Celebração, acompanhando o João Nuno e a Cátia, no dia em que se propõem constituir o seu lar.

Esta hora é para eles de singular importância, acompanhemo-los com o nosso afecto e amizade e com a nossa oração. Juntamente com eles escutemos a Palavra que Deus hoje nos vai dirigir. Depois, em união com a Santa Igreja, por Jesus Cristo, Nosso Senhor, supliquemos a Deus Pai que acolha benignamente estes seus servos, que desejam contrair Matrimónio, os abençoe e os una para sempre.


Oração Colectiva

Celebrante: Oremos.

Senhor Nosso Deus, que, desde a criação do género humano, quereis a união do homem e da mulher, uni pelo vínculo Santo do amor estes vossos servos, João Nuno e Cátia, que hoje se comprometem na aliança matrimonial e fazei que, dando frutos de caridade, sejam testemunhas do Vosso Amor na Santa Igreja.

Por Nosso Senhor Jesus Cristo, Vosso filho, que é Deus convosco, na unidade do Espírito Santo

Todos: Ámen.
Liturgia da Palavra
I Leitura: Leitura do Cântico dos Cânticos, Cant 2, 8-10.14.16a

«O amor é forte como a morte»

Cristina Correia: “Eis a voz do meu Amado!

Ele vem aí, transpondo as montanhas, saltando sobre as colinas. O meu amado é semelhante a uma gazela ou ao filhinho da corça. Ei-lo que está por detrás do nosso muro, a olhar pela janela, a espreitar através das grades.

O meu amado ergue a voz e diz-me:

“Levanta-te, minha amada, formosa minha, e vem. Minha pomba, escondida nas fendas dos rochedos, ao abrigo das encostas escarpadas, mostra-me o teu rosto, deixa-me ouvir a tua voz. A tua voz é suave e o teu rosto é encantador”.

O meu amado é para mim e eu sou para ele. Ele disse-me:

“Põe-me como um selo sobre o teu coração, como um selo sobre o teu braço, porque o amor é forte como a morte e a paixão violenta como o abismo.

Os seus ardores são setas de fogo, são chamas divinas.

As águas torrenciais não podem apagar o fogo, nem os rios o podem submergir”.”



Palavra do Senhor.

Todos: Graças a Deus
Salmo Responsarial
Cântico:Felizes Aqueles que Reconhecem o Senhor, F. Lapa

Felizes aqueles que reconhecem o Senhor,

Felizes, felizes os que vão pelos os seus caminhos

Aleluia, aleluia!

Comeras o fruto do trabalho das tuas mãos

Dele tirarás a felicidade

A tua esposa será uma vinha fecunda,

Na intimidade da tua casa.

Os teus filhos seram rebentos de oliveira

Ao redor da tua mesa.

Felizes aqueles que reconhecem o Senhor,

Felizes, felizes os que vão pelos os seus caminhos

Aleluia, aleluia!

Eis com que bens será abençoado o homem que reconhece o senhor

Que o senhor te abenço-e de Sião!

Hás-de ver a felicidade de Jerusalém

Em cada dia da tua vida e verás os filhos dos teus filhos.

Felizes aqueles que reconhecem o Senhor,

Felizes, felizes os que vão pelos os seus caminhos

Aleluia, aleluia!

Paz em Israel.
II Leitura da Epístola do apóstolo São Paulo aos Colossenses, Col 3, 12-17

«Acima de tudo, revesti-vos da caridade, que é o vínculo da perfeição»

Mónica Sousa: “Irmãos: Como eleitos de Deus, santos e predilectos, revesti-vos de sentimentos de misericórdia, bondade, humildade, mansidão e paciência.

Suportai-vos uns aos outros e perdoai-vos mutuamente, se algum tiver razão de queixa contra outro. Tal como o Senhor vos perdoou, assim deveis fazer vós também.

Acima de tudo, revesti-vos da caridade, que é o vínculo da perfeição. Reine em vossos corações a paz de Cristo, à qual fostes chamados para formar um só Corpo. E vivei em acção de graças. Habite em vós com abundância a palavra de Cristo, para vos instruirdes e aconselhardes uns aos outros com toda a sabedoria; e com Salmos, hinos e cânticos inspirados, cantai de todo o coração a Deus a vossa gratidão. E tudo quanto fizerdes, por palavras ou por obras, seja tudo em nome do Senhor Jesus, dando graças, por Ele, a Deus Pai.”

Palavra do Senhor

Todos: Graças a Deus

Aclamação ao evangelho:

Cântico: Aleluia, M.Simões
Evangelho

Celebrante: O Senhor esteja convosco.

Todos: Ele está no meio de nós.

Celebrante: Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo, segundo S. João

Todos: Glória a Vós, Senhor.
X Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo Segundo S. João, jo.15,9-12

Celebrante: Naquele tempo disse Jesus aos seus discípulos:

-“Assim como o meu Pai Me amou, também Eu vos amei. Permanecei no meu amor. Se guardares os meus mandamentos, permaneceis no meu amor, assim como tenho guardado os mandamentos de meu Pai e permaneço no seu amor. Disse-vos estas coisas, para que a minha alegria esteja em vós e a vossa alegria seja completa.

È este o meu mandamento, que vos ameis uns aos outros, como Eu vos amei.”

Palavra da Salvação.

Todos: Glória a Vós Senhor
Rito do Matrimónio

Compromisso

Celebrante:.: Noivos caríssimos, viestes à casa da Igreja, para que o vosso propósito de contrair Matrimónio seja firmado com o sagrado selo de Deus, perante o Ministro da Igreja e na presença da comunidade cristã.

Cristo vai abençoar o vosso amor conjugal.

Ele, que já vos consagrou pelo Santo Baptismo e vai agora dotar-vos e fortalecer-vos com a graça especial de um novo Sacramento, para poderdes assumir o dever de mútua e perpétua fidelidade e as demais obrigações do Matrimónio. Diante da Igreja, vou, pois, interrogar-vos sobre as Vossas disposições:

- João Nuno e Cátia, viestes aqui para celebrar o vosso matrimónio. É de vossa livre vontade e de todo o coração que pretendeis fazê-lo?

Noivos: É, sim.
Celebrante: Vós que seguis o caminho do Matrimónio, estais decididos a amar-vos e a respeitar-vos, ao longo de toda a vossa vida?

Noivos: Estou, sim.
Celebrante: Estais dispostos a receber amorosamente os filhos como um dom de Deus e a educá-los segundo a lei de Cristo e da Sua Igreja?

Noivos: Estou, sim.
Consentimento

Celebrante: Uma vez que é vosso propósito contrair o santo Matrimónio, uni as mãos direitas, e, manifestai o vosso consentimento na presença de Deus e da Sua Igreja.
Noivo: Eu, João, recebo-te a ti, Cátia, por minha esposa, e prometo ser-te fiel, amar-te e respeitar-te, na alegria e na tristeza, na saúde e na doença, todos os dias da nossa vida.
Noiva: Eu, Cátia, recebo-te a ti, João, por meu esposo, e prometo ser-te fiel, amar-te e respeitar-te, na alegria e na tristeza, na saúde e na doença, todos os dias da nossa vida.
Aceitação do Consentimento

Celebrante: Confirme o Senhor, benignamente, o consentimento que manifestastes perante a Sua Igreja, e Se digne enriquecer-vos coma sua bênção.

Não separe o homem o que Deus uniu.



Todos: Ámen
Bênção e Entrega das Alianças

Celebrante: Abençoe e Santificai, Senhor, o amor dos vossos servos João Nuno e Cátia, para que entregando um ao outro, estas alianças em sinal de fidelidade, recordem o seu compromisso de amor. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, vosso filho, que é Deus convosco na unidade do Espírito santo.

Todos: Ámen.
Noivo: Cátia, recebe esta aliança como sinal do meu amor e da minha fidelidade. Em nome do Pai, e do Filho e do Espírito Santo.
Noiva: João, recebe esta aliança como sinal do meu amor e da minha fidelidade. Em nome do Pai, e do Filho e do Espírito Santo.
Cântico:

Canto Nupcial, Fernando Lapa


Oração dos Fiéis

Celebrante: Irmãos caríssimos, acompanhemos com as nossas orações esta nova família, para que o amor do João Nuno e da Cátia cresça cada vez mais e o Senhor proteja, benignamente, todas as famílias do mundo. Oremos ao Senhor

Todos: Ouvi-nos Senhor.
Patrícia Moreira: Pela felicidade do João Nuno e da Cátia, para que saibam aceitar com amor paciente as suas diferenças, procurar sempre o bem, um do outro e estar atentos às necessidades daqueles que os rodeiam. Oremos ao Senhor.

Todos: Ouvi-nos Senhor.
Elisabete Moreira: Pelos seus pais e avós, a quem devem muito daquilo que hoje são. Para que permaneça sempre o seu carinho, compreensão e amizade. Oremos ao Senhor.

Todos: Ouvi-nos Senhor.
Patrícia Silva: Pelas famílias e amigos do João Nuno e da Cátia, com quem eles têm partilhado as suas vidas, para que continuem junto deles com a mesma alegria e disponibilidade, e que Deus os proteja. Oremos ao Senhor.

Todos: Ouvi-nos Senhor.
Patrícia Moreira: Por todos os que estão aqui presentes, sobretudo os que vieram de longe, para partilhar este dia de alegria, e por todos os que não puderam vir, que o amor de Deus os ajude e fortaleça nos momentos difíceis. Oremos ao Senhor.

Todos: Ouvi-nos Senhor.
Elisabete Moreira: Por todos os nossos amigos e familiares, que já partiram e que hoje recordamos com saudade, para que partilhem com o Senhor e connosco este dia de alegria.

Oremos ao Senhor.



Todos: Ouvi-nos Senhor.
Patrícia Silva: Pelas crianças de todo o mundo, para que possam viver em paz, com uma nova luz de esperança no olhar e no coração. Oremos ao Senhor.

Todos: Ouvi-nos Senhor.
Patrícia Moreira: Para que os povos de todo o mundo encontrem, na compreensão e no diálogo, o caminho para a Paz e construam uma civilização de Amor e de Justiça.

Oremos ao Senhor.



Todos: Ouvi-nos Senhor.
Celebrante: Pela Santa Igreja, pelo Papa Bento XVI, pelo Bispo do Porto Manuel Clemente, por toda a Irmandade da Lapa e demais consagrados a Deus, para que Cristo os guie e o Espírito Santo os ajude a conduzir os homens pelo caminho da salvação. Oremos ao Senhor.

Todos: Ouvi-nos Senhor.
Liturgia Eucarística
Ofertório

Cântico: Laudate Dominum, Biccinium


Oração sobre as Oblatas

Celebrante: Aceitai benignamente, senhor, os dons que vos apresentamos com alegria e guardai com paternal bondade os vossos servos João Nuno e Cátia, que unistes pelo Sacramento nupcial.

Por Nosso Senhor Jesus Cristo, Vosso Filho, que é Deus convosco, na unidade do Espírito Santo.



Todos: Ámen.
Prefácio

Senhor, Pai Santo Deus eterno e omnipotente. É verdadeiramente nosso dever, é nossa salvação dar-Vos graças sempre e em toda a parte, por Cristo Nosso Senhor. Da união nupcial fizestes um suave jugo de amor e um vínculo indissolúvel de paz, para que, pela união santa e fecunda dos esposos, cresça o número dos vossos filhos adoptivos. Na vossa providência e na vossa graça, Senhor, enquanto pelo nascimento de novas criaturas se povoa e embeleza o mundo, pelo renascimento espiritual edificais de modo inefável a vossa igreja.

Por isso, com os Anjos e todos os Santos, proclamamos a vossa glória, cantando:
Santo

Cântico: Santo, A.Cartageno
Aclamação Após a Consagração

Celebrante: Mistério da fé!

Todos: Anunciamos, Senhor, a Vossa morte, proclamamos a vossa ressurreição; Vinde, Senhor Jesus!

Celebrante: Por Cristo, com Cristo, em Cristo, a Vós Deus Pai todo-poderoso, na unidade do Espírito Santo, toda a honra e toda a gloria, agora e para sempre.

Todos: ámen.
Pai Nosso

Celebrante: Fiéis aos ensinamentos do Salvador, ousamos dizer:

Todos: Pai Nosso… mas livre-nos do mal.

Bênção Nupcial

Celebrante: Irmãos, imploremos a bênção de Deus sobre este esposos João Nuno e Cátia para que, unidos em Cristo pelo vínculo do santo Matrimónio (e pela comunhão do Corpo e Sangue do Senhor), formem um só coração e uma só alma.

Deus, Pai santo, que pelo vosso infinito poder fizestes do nada todas as coisas que na harmonia primordial do universo,

Formaste o homem e a mulher à vossa imagem e semelhança, tornando um ao outro como companheiros inseparáveis, para se tornarem os dois uma só carne,

Assim nos ensinastes que nunca é lícito separar o que Vós mesmo unistes;

Deus, Pai santo, que no grande mistério do vosso amor consagraste a aliança matrimonial, tornando-a símbolo da aliança de Cristo com a Igreja;

Deus, Pai santo, que sois o autor do matrimónio e destes à primordial comunidade humana a vossa bênção que nem a pena do pecado original nem o castigo do dilúvio nem criatura alguma pôde abolir;

Olhai benignamente para estes vossos servos, que unindo-se pelo vínculo do Matrimónio, esperam o auxílio da vossa bênção: enviai sobre eles a graça do Espírito Santo para que, pelo vosso amor derramado em seus corações, permaneçam fiéis na aliança conjugal.

Seja a vossa serva Cátia fortalecida com a graça do amor e da paz, imitando as santas mulheres que a Escritura tanto exalta. Confie nela o coração do seu marido, honrando-a como companheira igual em dignidade e com ele herdeira do dom da vida, e ame-a como Cristo amou a sua Igreja.

Nós, Vos pedimos, Senhor, que estes vossos servos João Nuno e Cátia permaneçam unidos na fé e na observância dos mandamentos; fiéis um ao outro, sirvam de exemplo pela integridade da sua vida, fortalecidos pela sabedoria do Evangelho, dêem a todos bom testemunho de Cristo, recebam o dom dos filhos, sejam pais de virtude comprovada, e possam ver os filhos dos seus filhos, e, depois, de uma vida longa e feliz alcancem o reino celeste na companhia dos santos.

Por Nosso Senhor Jesus Cristo, Vosso Filho, que é Deus convosco na unidade do Espírito Santo.



Todos: Ámen.
Celebrante: A paz do senhor esteja sempre convosco.

Todos: o amor de Cristo nos uniu.
Saudação da paz

Cântico: Cordeiro de Deus
Comunhão

Cântico: O Salutaris Hóstia, César Franck
Oração Após a Comunhão

Celebrante: Senhor, que nos fizestes participar da vossa mesa, concedei a estes vossos servos, hoje unido pelo Sacramento do Matrimónio, que, vivendo sempre em união Convosco, dêem a todos bom testemunho do Vosso nome.

Por Nosso Senhor Jesus Cristo, Vosso Filho, que é Deus convosco na unidade do Espírito Santo.



Todos: Ámen
Consagração a Nossa Senhora

Cântico: Ave-Maria, de F. Schubert
Bênção Final

Celebrante: Deus Pai vos conserve unidos no amor, para que habite em vós a paz de Cristo e permaneça sempre em Vossa casa.

Todos: Ámen.

Celebrante: Sede abençoados nos filhos, ajudados pelos amigos e vivei com todos em verdadeira paz.

Todos: Ámen

Celebrante: Sede testemunhas do amor de Deus no mundo, socorrendo os pobres e todos os que sofrem, para que ele vos recebam um dia agradecidos, na eterna morada de Deus.

Todos: Ámen.

Celebrante: E a vós aqui presentes abençoe Deus todo-poderoso, pai, filho, e Espírito Santo.

Todos: Ámen.



Celebrante: Ide em Paz e o Senhor vos acompanhe.

Todos: Graças a Deus.
Final

Cântico: Laudate Dominum, G. F. Handel
Assinaturas

Cântico: La Rejouissannce, G.F.Haendel
Saída dos noivos

Cântico: Cânon, Johann Pachelbel

Agradecimentos

Agradecemos a todos os amigos aqui hoje presentes, por partilharem connosco este momento especial.

O nosso muito obrigado também ao Grupo Coral de Stª Rita, que abrilhantaram a Celebração.

Um obrigado particular ao Sr. Reitor, pelo carinho e compreensão demonstrado desde o primeiro contacto.

Um agradecimento muito especial à nossa família e padrinhos.

O amor torna tudo brilhante, agradável e vantajoso. O amor é o vaso que contém alegria!”



Madre Teresa

(Por favor silencie o telemóvel durante a celebração)



©livred.info 2017
enviar mensagem

    Página principal