Beleza e arte não se põe na mesa – e sim, no palco



Baixar 0,87 Mb.
Página2/2
Encontro13.05.2018
Tamanho0,87 Mb.
1   2
O grupo 5 a Seco, que reúne os músicos Vinicius Calderoni, Tó Brandileone, Leo Bianchini, Pedro Altério e Pedro Viáfora, faz show de pré-lançamento do primeiro DVD do grupo dia 21 de novembro, às 21h, no Teatro Bradesco - o lançamento oficial do DVD será no início de 2012.
Aproveitando o clima desse registro, gravado em três apresentações no Auditório Ibirapuera em SP - com participações especiais do calibre de Maria Gadu, Lenine, Chico Cesar, Dani Black - o grupo irá apresentar as músicas gravadas na ocasião para o público do Teatro Bradesco, em São Paulo.
Com dois anos de carreira, o 5 a Seco já conquistou fãs em todo o país. Em São Paulo, realizou dezenas de shows com bilheterias esgotadas em locais com o Itaú Cultural, Auditório Ibirapuera e Tom Jazz. No Rio de Janeiro, após uma primeira apresentação com sucesso de público e crítica em setembro no Teatro Rival Petrobrás, o grupo retorna no mês de novembro para mostrar o resultado de união de suas diferentes influências musicais, que vão do samba de raiz ao indie rock, do hip hop à música folclórica, passando pelo jazz contemporâneo e os ritmos caribenhos.
O repertório do DVD e deste show é formado por 18 canções de autoria exclusiva de seus integrantes, essencialmente cantores e violonistas, que se desdobram no palco e tocam, além de seu instrumento de origem, baixo, guitarra, bateria, percussões. Gargalhadas, de Pedro Altério e Pedro Viáfora; , de Leo Bianchini e Vinicius Calderoni e Deixe Estar, de Tó Brandileone, fazem parte da apresentação, conduzida de forma descontraída e irreverente, gerando uma rica gama de timbres e texturas musicais com arranjos sempre amarrado por um roteiro de inspiração teatral.  
5 a Seco - Pertencentes a uma geração que reprocessa múltiplas influências musicais como nenhuma outra, os integrantes do 5 a Seco dialogam com a tradição da canção brasileira, mas agregam referências diversas, do indie rock à música erudita; dos ritmos regionais brasileiros ao jazz atual. Jovens, mas absolutamente comprometidos com uma música autoral brasileira contemporânea, os rapazes, todos paulistanos, já possuem carreiras individuais sólidas e anteriores ao projeto - dois dos integrantes já lançaram seus respectivos discos, Vinicius Calderoni (Tranchã, 2007) e Tó Brandileone (Idem, 2008), e os outros estão em fase de pré- produção de seus álbuns solo - e são reconhecidos e admirados por artistas como Chico César, Ivan Lins, Pedro Mariano, Luiza Possi dentre muitos outros. Além disso, colecionam diversos prêmios em festivais e tiveram suas canções gravadas por vários intérpretes.
Perfis
Léo Bianchini: Léo iniciou-se musicalmente aos 12 anos, ensaiando melodias no antigo piano de sua avó. Mas foi aos 20 anos, ao ingressar como violonista na faculdade Santa Marcelina, que começa seriamente sua carreira musical. Cantor, compositor, produtor e bacharel em violão pela Faculdade Santa Marcelina, inicia sua carreira profissional com a realização em parceria com Tó Brandileone da trilha original para o curta-metragem “Um Dia Desses”, de formandos da FAAP. Em parceria com Vinicius Calderoni e Tó Brandileone, compôs “Laço na Lua”, “Lé com Cré” e “Aurora das Coisas”, canções presentes nos três álbuns solo de Dani Gurgel. Participou como compositor, violonista e cantor da primeira turnê internacional do projeto Brasil Cantado, idealizado por Kuba Palys. Em 2009, venceu dois segundos lugares nos festivais de Avaré (FAMPOP/edição Lenine) e Botucatú (Botucanto), com as canções Tatame, em parceria com Ricardo Teté e Faça Desse Drama, com Tó Brandileone, Vinicius Calderoni e Caê Rolfsen. Atualmente, esta finalizando seu primeiro CD, em parceria com Tó Brandileone, e produzindo o primeiro disco da cantora Manu Cirne.

 

Vinicius Calderoni: cantor, compositor e cineasta, lançou seu primeiro disco, Tranchã em 2007, produzido em parceria com Ulisses Rocha, e com as participações de Fabiana Cozza, Tatiana Parra e o Conjunto 4aZero. Foi selecionado para o Projeto Prata da Casa do Sesc Pompéia, e realizou o projeto Vinicius Calderoni convida cantoras, temporada no Tom Jazz, que contou com as participações de Marina de la Riva, Bruna Caram, Fabiana Cozza, Giana Viscardi, Tatiana Parra, Dani Gurgel, Luisa Maita e Graça Cunha. Em parceria com To Brandileone, arrebatou o terceiro lugar no Festival de canção de Rio Preto e o segundo lugar no Júri Popular do Festival da Santa Marcelina, e compôs a música original da peça Aqui Quase Longe da Cia. Delas e do curta metragem Os Sapatos de Aristeu (2007), composta em parceria com Dino Barioni, trabalho pelo qual venceram o Prêmio CineMúsica em 2009, realizado no Rio de Janeiro.Finalizou em março do ano passado o projeto Os doze clipes de Tranchã, que incluiu um videoclipe para cada canção do repertório de seu álbum de estréia, com direção de Esmir Filho, Rafael Gomes e o próprio Vinicius, que está em fase de pré-produção de seu segundo disco, com previsão de lançamento para abril de 2012.

 

Pedro Viáfora: iniciou aos 15 anos, como compositor ao  lado do pai, Celso Viáfora. Em agosto de 2008, a canção “Não Vou”, parceria com Igor Pimenta, recebeu o prêmio de melhor letra no Festival de Alta Mogiana, em Ribeirão Preto. No ano seguinte, com a música “Feito Nós”, foi premiado com a melhor letra, dessa vez na prestigiada Fampop, em Avaré. Em junho desse ano, a música Dejavu - parceria com Pedro Alterio - venceu o Festival de Ilha Grande, além do prêmio de melhor letra. Ganhou também o Festival de Sorocaba, a FAMPOP (Festival de Avaré) e o Festival Botucanto pela musica FELIX PRA CACHORRO. Atualmente, termina a faculdade de jornalismo na Casper Líbero, enquanto prepara seu primeiro disco.

 

Tó Brandileone: aos 24 anos de idade já tem um disco lançado (Tó Brandileone/2008), e está finalizando o segundo. Desde 2007, Tó vem transitando entre suas canções, composição de trilhas originais para cinema e teatro, turnês internacionais, produção, arranjos e direção musical de inúmeros projetos. Em 2009 participou como violonista ao lado de Jacques Figueiras e Zé Luis Nascimento na turnê europeia da cantora Giana Viscardi. Em janeiro de 2010 fez sua segunda turnê pela Polônia, acompanhado pelo pianista Kuba Palys, passando pelas principais cidades e casas de show do país e tocando uma amostra da nova geração da canção. Finalizou em 2011 a trilha para o curta-metragem “Cesar“ e a trilha para a peça “História por Telefone“, da Cia. Delas. Está produzindo o segundo disco de Vinicius Calderoni e o primeiro da cantora Thais Bonnizi.

 

 Pedro Altério: com apenas 12 anos compôs sua primeira melodia no violão - "Ouro em pó". Mais tarde, com o irmão Gabriel Alterio (bateria), Du Françani (guitarra), Felipe Brizola (baixo), Breno Ruiz (piano) e Raoni Carneiro (vocalista), fez parte da formação original da Banda Trupe, onde se apresentou durante 2 anos no Bar Ébano em São Paulo. Suas apresentações no Villagio Café, Ao Vivo, Café Piu Piu em S.Paulo marcam o início de sua carreira solo, firmando seu trabalho de composição com parceiros como Dani Black, Pedro Viáfora, Zé Edu, Du Françani, Rita Alterio, Rafael Alterio, Celso Viáfora e Paulo Novaes. Em 2008 ao lado do compositor Luiz Ribeiro marcou presença no mais recente DVD de Ivan Lins, participando dos shows de lançamento nos Sesc Santo André e Pinheiros. Ao lado de Dani Black e Bárbara Rodrix se apresentou na Virada Cultural de S.Paulo em 2009. Participou do DVD e Cd “Batuque de Tudo” de Celso Viáfora. Em 2010 participou do show em homenagem ao compositor Zé Rodrix, além de ter sido vencedor do Festival de Ilha Grande, com a música Dejavu, em parceria com Pedro Viáfora. Está pré- produzindo o seu primeiro disco, e gravando outro, em parceria com Bruno Piazza com quem tem um projeto de duo, desde o inicio de 2011.

  
http://tnb.art.br/rede/5aseco



www.5aseco.com.br

www.myspace.com/cincoaseco

www.youtube.com/5aseco
5 a Seco

Data: 21 de novembro, às 21h

Duração: 80 minutos
TEATRO BRADESCO


04 e 05 de outubro (Terça e quarta-feira)

Setor

Valor

Meia Entrada

Frisas 3º andar (1ª fila)

R$ 30,00

R$ 15,00

Balcão Nobre

R$ 40,00

R$ 20,00

Frisas 2º andar

R$ 50,00

R$ 25,00

Frisas 1º andar

R$ 60,00

R$ 30,00

Plateia

R$ 70,00

R$ 35,00

Camarote

R$ 90,00

R$ 45,00

- Meia-entrada: obrigatória a apresentação do documento previsto em lei que comprove a condição de beneficiário: no ato da compra e entrada do evento (para compras na bilheteria oficial e pontos de venda físicos) / na entrada do evento (para compras via internet ou telefone).
 - 25% desconto: clientes Bradesco têm 25% de desconto no valor do ingresso adquirido na bilheteria do teatro, além de um guichê de atendimento exclusivo (até 4 ingressos/sessão por titular do cartão, limitado a 200 ingressos/sessão - mediante pagamento efetuado com cartão de crédito ou débito Bradesco);

- Usuários dos cartões Zaffari Card, Bourbon Card e Rancho Card (até 2 ingressos por titular do cartão, limitado a 200 ingressos/sessão);



** Descontos não cumulativos.
INGRESSOS

Ingresso Rápido: 4003-1212
www.ingressorapido.com.br
Bilheteria Teatro Bradesco: Piso Perdizes do Bourbon Shopping São Paulo - Rua Turiassú, 2100, 3º piso, Pompéia/ Horário de funcionamento: Domingo a Quinta das 12h às 20h, Sexta e Sábado das 12h às 22h.
Teatro Bradesco - www.teatrobradesco.com.br

Piso Perdizes do Bourbon Shopping São Paulo - Rua Turiassú, 2100, 3º piso, Pompéia



Classificação etária: livre

Capacidade: 1457 pessoas

Acesso para deficientes

Estacionamento: R$8,00 primeira hora. R$2,00 hora adicional.

Informações para a imprensa: Vicente Negrão Assessoria
Vicente Negrão – vicente@vicentenegrao.com – (11) 3060.8397 / 3060.8397

1   2


©livred.info 2017
enviar mensagem

    Página principal