ArtRio terá agenda de palestras e debates no espaço transversal



Baixar 98,41 Kb.
Página1/2
Encontro26.10.2017
Tamanho98,41 Kb.
  1   2





ArtRio terá agenda de palestras e debates no ESPAÇO TRANSVERSAL
Agenda terá atividades integradas e conversas sobre colecionismo, o papel dos museus nos dias de hoje, e a produção artística brasileira
Entre as novidades programadas para a ArtRio 2017 está ESPAÇO TRANSVERSAL, onde serão realizados debates, mesas redondas e palestras, além da exibição de vídeos sobre arte e design. 
A entrada é gratuita para o público da feira. As vagas são limitadas e as inscrições serão por ordem de chegada, no dia dos eventos. As inscrições também podem ser feitas pelo email vip@artrio.art.br.
A curadoria da programação é da revista seLect em parceria com o canal CURTA!
Confira a programação:
DIA 14 DE SETEMBRO / QUINTA-FEIRA


  • 17h – Conversas ArtRio

Museu é o Mundo

Da aquisição à gestão de acervos, passando pela valorização da cultura local e da memória coletiva global. Este ciclo de conversas debate as funções do museu no século XXI e as iniciativas artísticas independentes que questionam a estrutura do museu, reinventando sua atuação do lado de fora das instituições.


Participação:

- Fernando Cochiaralle (curador de artes visuais do MAM Rio, doutor em Tecnologias da Comunicação e Estética pela Escola de Comunicação da UFRJ (2012), desde 1978 é professor de Estética do Departamento de Filosofia da PUC-RJ, e professor há 25 anos da Escola de Artes Visuais do Parque Lage. Sua ligação com o MAM remonta a 1972, quando iniciou sua formação em artes visuais, justamente em um curso no Museu de que foi curador de artes visuais entre 2001 e 2007. É autor de vários livros, e publicou cerca de 200 artigos, textos e resenhas em coletâneas, catálogos jornais e revistas de arte do Brasil e do exterior. Foi coordenador de artes visuais da Funarte entre 1990 e 1998; membro da Comissão Curadora do Projeto Rumos Visuais em 1999 e 2000, projeto de que foi curador-coordenador entre 2001 e 2002; curador da Casa de Cultura Laura Alvim, no Rio de Janeiro, em 2011 e 2012, e curador de mostras de arte contemporânea do Santander Cultural, em Recife. Dentre as várias curadorias recentes que assinou, estão as exposições “Filmes de Artista – Brasil 1965/1980” (Oi Futuro, Rio de Janeiro, 2007); “Brasília e o Construtivismo: um encontro adiado” (Centro Cultural Banco do Brasil, Brasília, 2010); “Hélio Oiticica – Museu é o Mundo” (curadoria com César Oiticica Filho; Itaú cultural, São Paulo; Paço Imperial e Casa França Brasil, Rio de Janeiro; Museu Nacional do Conjunto Cultural da República, 2010), “Waldemar Cordeiro: Fantasia Exata” (curadoria com Arlindo Machado, Itaú Cultural, São Paulo, 2013, e Paço Imperial, Rio de Janeiro, 2014).


- Kelly Taxter (curadora programa SOLO, co-curadora do Jewish Museum NY. Coordenou a Galeria Taxer & Spengemann em Nova York, durante oito anos, promovendo talentos como Xavier Cha e Andrew Kuo. Abriu "Laurie Simmons: How We See", o primeiro solo do museu de Nova York da artista, e supervisionou trabalhos específicos do local, com artistas como Willem de Rooij, Chantal Joffee e Valeska Soares.)

- Guga Ferraz (artista visual, vive e trabalha no Rio de Janeiro. É graduado em escultura pela Escola de Belas Artes/UFRJ. Desde o ano 2.000, integra o grupo Atrocidades Maravilhosas, realizando trabalhos de intervenção urbana na cidade. A intervenção é o meio mais utilizado pelo artista, questionando temas como a violência urbana, as relações entre indivíduo e cidade e a própria cidade como lugar. Suas exposições incluem: “Maranhão”, na galeria A Gentil Carioca (2015); Caos e Efeito, Itaú Cultural, São Paulo (2011); A Cidade Repete o Homem, A Gentil Carioca (2008); O Condomínio, A Gentil Carioca, Rio de Janeiro (2005); Orlândia (2001, 2002, 2003); Panorama da Arte Brasileira, Museu de Arte Moderna de São Paulo (2001).



Mediação: Marion Strecker, editora da seLecT


  • 19h – Conversas ArtRio


  1   2


©livred.info 2017
enviar mensagem

    Página principal