Ao décimo segundo dia do mês de maio do ano de dois mil e dez, no horário das nove horas da manhã às doze horas e trinta minutos, no Auditório da Casa dos Advogados de São Bernardo do Campo, localizado na Rua Vinte e Três de maio



Baixar 7,35 Kb.
Encontro06.03.2018
Tamanho7,35 Kb.

ATA DE REUNIÃO DA PROMOTORIA DE JUSTIÇA DA INFÂNCIA E DA JUVENTUDE DA COMARCA DE SÃO BERNARDO DO CAMPO



Ao décimo quarto dia do mês de julho do ano de dois mil e dez, no horário das dezesseis horas, na Rua Vinte e Três de maio, número cento e sete, Vila Tereza, nesta comarca, reuniram-se a Promotora da Infância e da Juventude, Dra. Vera Lúcia Acayaba de Toledo, os representantes da Escola Estadual Ayrton Senna da Silva, sendo a Diretora Diná Taets G. da Silva e a Supervisora Miriam Aparecida M. N. Silva, o Sub-Comandante da Guarda Civil Municipal Sr. Oséias Francisco da Silva, o Delegado de Polícia Fernando Gomes Pires, o Policial Militar do 40º Batalhão da Polícia Militar Wilson Prada, Antônio Carlos Scarano da Diretoria Regional de Ensino, Ângela Maria Vieira do Conselho Tutelar, e Selma Rodrigues da Silva e Rosemari Lima da Silva do CAF – Fundação Criança, bem como o Inspetor Marcos . Em razão da existência de tráfico de drogas e envolvimento de crianças e adolescentes na prostituição, no entorno deste Estabelecimento de Ensino, foi realizada a presente reunião, visando atuação em parceria para o enfrentamento desta problemática. Ainda, em decorrência do ofício n° 440/10 enviado pelo 9º Promotor de Justiça desta Comarca, relatando problemas de disciplina dos alunos, também motivou a presente reunião para as providências cabíveis. Ficou acordado pelos parceiros que a Polícia Militar, Polícia Civil e a Guarda Municipal encetarão diligências para o combate do tráfico de drogas no entorno da Escola referida. Referidos órgãos ficaram incumbidos de encaminhar até o dia 30 de julho de 2010 um relatório à Promotoria a respeito das ações empreendidas e do plano de ação na questão do tráfico de drogas e do envolvimento de crianças e adolescentes na prostituição. Em relação ao aluno Vitor, que está na 6º série, o Conselho Tutelar, através da conselheira Ângela, fica incumbido de encaminhá-lo ao CAF da Fundação Criança e à Saúde, enviando após relatório à Promotoria. Encerrada a reunião, foi lavrada a presente Ata, que vai assinada pela Promotora de Justiça da Infância e da Juventude e pelos demais presentes, conforme lista anexa.




VERA LÚCIA ACAYABA DE TOLEDO

Promotora de Justiça





de





©livred.info 2017
enviar mensagem

    Página principal