Actas da organizaçÃo de serviços geológicos africanos realizadas no hotel capetonian, cidade do cabo, África do sul, no dia 6 de fevereiro de 2008 Realizou-se uma mini conferência antes da assembleia geral anual



Baixar 229,86 Kb.
Encontro14.09.2018
Tamanho229,86 Kb.





ACTAS DA ORGANIZAÇÃO DE SERVIÇOS GEOLÓGICOS AFRICANOS REALIZADAS NO HOTEL CAPETONIAN, CIDADE DO CABO, ÁFRICA DO SUL, NO DIA 6 DE FEVEREIRO DE 2008

Realizou-se uma mini conferência antes da assembleia geral anual.

Realizaram-se as seguintes apresentações.



  • Oportunidades de financiamento para Infra-estrutura Geológica - Sr Gotthard Walser, “World Bank” (Banco Mundial)

  • Em direcção a um quadro político para Fornecimento de Recursos Minerais da UE – novas oportunidades para a Indústria de Recursos Minerais Africana – Dr. Patrice Christmann, “Euro Geo Surveys”

  • Projectos para África por África – Prof. Paul Dirks, Universidade de Witwatersrand, África do Sul

  • Rede de Observação da Terra e Mais além de África – Prof. Martin de Wit, Universidade da Cidade do Cabo



Foi comunicado o progresso dos projectos actuais da OSGA.

Entrada Africana no Mapa Geológico do Mundo – Namíbia e África do Sul.
Foi realizada uma pequena apresentação sobre este assunto. Foi acordado que se poderia obter mais informações no website da "one geology" (http://www.onegeology.org. A OSGA irá fornecer os compiladores do Mapa Geológico do mundo com 1: 5 000 000 mapas da região de Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC).

Informação Geológica para mineração de Pequena escala - Gana e Nigéria
Realizou-se uma apresentação. Foi acordado que se irá desenvolver um quadro para preencher os requisitos de informação nos próximos 3 meses. O quadro deverá incluir questões relacionadas com marketing, formação e preparação. O quadro estará disponível no website da OSGA e estará disponível à população pelos estados membro. A Nigéria e o Gana irão então preparar um documento de resumo para apresentar na próxima assembleia.

Papel dos Serviços Geológicos no Desenvolvimento de África
Foi realizada uma apresentação pelo Sr. Magnus Ericsson do "Raw Materials Group". Verificou-se que estas conclusões eram preliminares baseadas num trabalho de 2 meses e a cooperação foi promovida pelos países membro para fornecer informação para fazer do projecto um sucesso. O "Raw Materials Group" irá contactar vários países membro nos próximos meses.
1. BOAS-VINDAS
O Sr. Ramontja deu as boas-vindas a todos os eleitores presentes. Mencionou que a questão da comunicação deveria ser tratada. Nem todos receberam programas e a documentação.

2. ACTAS DA ÚLTIMA ASSEMBLEIA
As actas da última assembleia foram aceites como uma verdadeira reflexão das discussões do dia.

3. QUESTÕES DECORRENTES DAS ÚLTIMAS ACTAS
O logo foi alterado. Verificou-se que a data acordada para a OSGA foi modificada em consulta com uma série de membros do comité executivo.

4. RELATÓRIO ANUAL DAS ACTIVIDADES DA OSGA
O presidente da sessão apresentou uma visão global das actividades da OSGA em 2007. A OSGA foi lançada em Fevereiro de 2007. O logo foi desenvolvido. A constituição foi preenchida, traduzida para Português e Francês e esteve em circulação para fazerem comentários. Identificaram-se três projectos:


    • Entrada Africana no Mapa Geológico do Mundo – Namíbia e África do Sul

    • Informação Geológica para mineração de Pequena escala – Gana e Nigéria

    • Papel dos Serviços Geológicos no desenvolvimento de África – África do Sul

Foi comunicado o progresso destes projectos.


Identificaram-se os seguintes obstáculos:


  • Falta de recursos – este é um problema grave.

  • Comunicação – este também é um grande problema.



5. CONSIDERAÇÃO DE ALTERAÇÕES À CONSTITUIÇÃO DA OSGA
Aprovaram-se as seguintes alterações à constituição da OSGA:


  • Na página 3, artigo 9.1 deve-se ler 2 vice presidentes.

  • Na página 3, artigo 9.2 & 9.4, declara que os membros do Comité Executivo serão eleitos por um período de 2 anos, mas foi acordado na assembleia da OSGA de 1007 que o termo deveria ser para 3 anos. O termo será modificado para 3 anos.

  • Na página 4, artigo 13, a língua Portuguesa deverá ser incluída como uma das línguas de trabalho da OSGA, para estar em linha com a AMP.

  • A constituição deve incluir uma secção que lide com o Financiamento. Deve ser incluída na constituição uma frase em que declare que o Financiamento das actividades deveria ser uma responsabilidade partilhada por todos os membros para suportar a OSGA

  • Deveria ser realizada uma provisão na constituição para Parcerias. Os parceiros incluem instituições académicas, serviços geológicos noutros continentes, etc.

Foi sugerido que a Constituição fosse adoptada na assembleia seguinte, que se irá realizar em 2009. Os próximos 2 meses deverão ser utilizados para propor mais alterações. A constituição irá estar em circulação para apresentar aos membros que não estiveram presentes nesta assembleia, para sua informação.


2 meses depois a constituição alterada será enviada para os países membro para comunicar aos seus responsáveis. O prazo para a adopção da constituição é a Assembleia Geral Anual de 2009.

6. ELEIÇÃO DOS TITULARES DO CARGO
Devido ao facto da OSGA estar ainda na fase inicial, foi decidido que o comité executivo actual actuasse durante mais 2 anos. Os representantes devem ser identificados para a África Oriental e Central.

7. PROGRAMA DE ACÇÕES PARA 2008
Papel dos Serviços Geológicos no projecto de desenvolvimento de África continuará e prevê-se que será completado em Dezembro de 2008.
Mineração em Pequena Escala – continua – os estados membros deverão fornecer informações de acordo com o quadro proposto.
Foi decidido que não se irá iniciar nenhum projecto novo até que os projectos actuais sejam finalizados.
A Algéria ofereceu-se para coordenar uma publicação das actividades da OSGA e actividades chave dos países membro. Foi acordado que cada serviço escreverá um breve relatório para inserir na publicação. O prazo para a publicação é em 2009.
A Algéria propôs acolher uma conferência de estratigrafia Africana em 2010. As preparações necessitam de ser iniciadas agora.

8. GERAL
Comunicação


  • O secretariado irá criar um website da OSGA

  • Cada estado membro deverá nomear uma pessoa de contacto para as actividades da OSGA.

  • A responsabilidade dos estados membro é actualizar estes detalhes em caso de mudança.

  • Foi sugerido que cada estado membro escrevesse um breve relatório, que disponibilize um breve estado das suas actividades de Serviços Geológicos para colocar no website.


Convites para participar nas assembleias


  • O "Euro Geological Survey" convidou um membro da OSGA para o Workshop de Directores (Directors Workshop) no dia 14 & 15 de Fevereiro em Bruxelas. Este workshop concentra-se na questão das capacidades.

  • Também de fez um convite aos membros para uma assembleia geral da UE em Outubro em Roma, Itália. A OSGA teve apenas um estatuto de observador nesta assembleia.

Foi decidido que a OSGA será representada pelo Presidente em ambas as assembleias.




  • Foi realizado um convite para a assembleia da "one geology" que se vai realizar durante o Congresso Geológico Internacional em Oslo, Noruega. O congresso vai realizar-se do dia 6 ao dia 14 de Agosto de 2008.

Foi acordado que a OSGA vai ser representada pela Namíbia.


Parcerias


  • Sugeriu-se criar parcerias com Universidades internacionais e outras instituições relevantes, para realizar as actividades da OSGA.



9. A PRÓXIMA ASSEMBLEIA DA OSGA
Após uma discussão demorada foi decidido que por agora a próxima assembleia da OSGA será realizada no dia seguinte à assembleia de AMP e no dia anterior à "Mining Indaba".
Foi acordado que a próxima assembleia se vai realizar no Domingo após a assembleia de AMP em Fevereiro de 2009 na Cidade do Cabo, África do Sul.
O Presidente da sessão é responsável em contactar o secretariado de AMP para incluir esta assembleia nos convites de AMP

10. LISTA DE PRESENÇAS


Delegados

Organização

1. Gotthard Walser

The World Bank (Banco Mundial)

2. Dr. Thomas Kwasi Adu

Departamento de Serviços Geológicos do Gana

3. Prof. (Dr.) Abdulkarim H. Mruma (Vice Presidente)

Serviço Geológico da Tanzânia

4. Sr. John Agyei Duodu

Departamento de Serviços Geológicos, Gana

5. Sr. Adriano Silvestre Senvano

Direcção Nacional Geológica, Maputo Moçambique

6. Dr. Moussa Sylla

Serviço Geológico do Senegal

7. Sr Temba M. Hawadi

Serviço Geológico do Zimbabué

8. Dr. Patrice Christmann

Associação de Serviços Geológicos da União Europeia

9. Sr. Ousmane CISSE

Ministério das Minas e Indústria, Senegal

10. Dr. Siyan Malommo

Serviço Geológico da Nigéria

11. Prof. Paul Dirks

Universidade de Witwatersrand, África do Sul

12. Prof. M. de Wit

Universidade da Cidade do Cabo, África do Sul

13. Dr. Gaby Schneider (representante da SADC)

Serviço Geológico da Namíbia

14. Sr. Jonasy Ramarolahy

PRGM, Madagáscar

15. Sr. Dominique Rakotomanana

PRGM, Madagáscar

16. Sr. Magnus Ericsson

"Raw Material Group". Suécia

17. Sr. Thibedi Ramontja (Presidente e Secretariado)

Conselho para a Geociência, África do Sul

18. Sr. Fhatuwani Ramagwede

Conselho para a Geociência, África do Sul

19. Dr. Peter Zawada

Conselho para a Geociência, África do Sul

20. Dr. Frik Hartzer

Conselho para a Geociência, África do Sul

21. Sr. Martin Lekotoko

Conselho para a Geociência, África do Sul

22. Sr. Victor Mothetha

Conselho para a Geociência, África do Sul

23. Sra. Mpumi Msezane

Conselho para a Geociência, África do Sul

24. Sra. Juanita van Wyk

Conselho para a Geociência, África do Sul

25. Sra. Nthombi Jacha

Conselho para a Geociência, África do Sul

26. Sr. Lojomon Biwott

Ministério de Minas e Recursos Naturais, Quénia

27. Sr. L. Bitam

ANGCM, Algéria

28. Sr. M. Bendali

ANGCM, Algéria



11. CONCLUSÃO

O Presidente da sessão, Sr. Ramontja, agradeceu a todos os membros pela sua participação.



A Assembleia foi adiada às 13H15.


ACTAS DA ASSEMBLEIA DA OSGA : 6 FEVreiro 2008




©livred.info 2017
enviar mensagem

    Página principal