Abertura: dia 13 atividades de política cultural



Baixar 29,88 Kb.
Encontro27.09.2018
Tamanho29,88 Kb.

Abertura: dia 13 - atividades de política cultural

18h - Encontro dos Prefeitos de Porto Alegre e Montevidéu


Assinatura de Protocolo de Integração Cultural entre as duas cidades.
Local: Intendência Municipal

19h - Palestra dosSecretários Municipais de Cultura Sérgius Gonzaga (Porto Alegre) e Maurício Rosencof (Montevidéu).


Tema: “Montevidéu e Porto Alegre: uma perspectiva real de integração cultural no Mercosul”
Local: Intendência Municipal
Entrada livre e gratuita.

20h - Coquetel de Abertura


Local: Intendência Municipal

21h- Show Nenhum de Nós


Local: Sala Zitarrosa
Um dos grupos de maior sucesso no Rio Grande do Sul e no Brasil mostrará seu trabalho em Montevidéu na abertura da programação artística. O Nenhum de Nós  apresenta o show de lançamento de seu mais novo CD, Pequeno Universo, disco que comemora os 20 anos de carreira do grupo.

Programação de teatro - de 14 a 18/03


“Shakespeare Sob o Olhar do Teatro Gaúcho”
No Cabildo, às 21h

dia 14 - “Hamlet Sincrético”, de Jessé de Oliveira

Criação coletiva do grupo Caixa-Preta, o espetáculo recria o clássico “Hamlet” de Shakespeare através de uma estética negra, onde elementos da cultura afro-brasileira servem de metáfora para contar a célebre história. Dirigida por Jessé Oliveira, a montagem transita pelo sincretismo cultural e religioso onde os personagens são encarnações da mitologia cultural dos entidades africanas que fizeram história no Brasil: Hamlet é Xangô; o Fantasma Hamlet - o pai assassinado, é Oxalá, e assim por diante. O grupo é formado por atores negros. O espetáculo teve seis indicações para o Prêmio Açorianos de Teatro em 2005. Venceu na categoria trilha sonora e recebeu um prêmio especial do júri como Melhor Espetáculo.
No Teatro Solis, às 21h

dia 15 – “Hamlet”, direção de Luciano Alabarse

O forte texto de Shakespeare ganha contornos muito significativos na montagem de Luciano Alabarse. Característica presente em todos os trabalhos de Luciano, a exuberância criativa, a produção esmerada e os figurinos contribuíram para fazer deste espetáculo um momento marcante na temporada teatral gaúcha de 2006. Hamlet, vivido pelo ator gaúcho Evandro Sodatelli,  transmite seus rompantes, seus acessos de fúria, sua loucura,  seu desespero e sua turbulência emocional com uma sinceridade avassaladora. A obra é apresentada em dois atos com um intervalo de dez minutos.
dia 16, 21 h

“Sonho de uma noite de verão”, direção de Patrícia Fagundes


Uma das comédias mais famosas de Shakespeare, é uma obra fascinante em sua exuberância criativa e em sua celebração à paixão e imaginação libertárias. O espetáculo integra o projeto “Em Busca de Shakespeare”, cujo propósito é investigar uma linguagem contemporânea que resgate o caráter popular e vital da obra de um dos maiores autores do teatro ocidental.
Nessa montagem dirigida por Patrícia Fagundes, a delirante trama é situada em uma atmosfera de cabaré. Vários trechos do texto original, abundante em rimas e melodias, foram musicados, e toda trilha sonora é executada ao vivo pelo próprio elenco. Desde sua estréia, a peça tem merecido a atenção e aplauso de público e crítica. No 13º Porto Alegre em Cena, recebeu o Prêmio Braskem de Melhor Espetáculo, Melhor Espetáculo pelo Júri Popular, Melhor Direção e Melhor Ator. Para o Prêmio Açorianos 2006, é o espetáculo que recebeu mais indicações: Melhor Espetáculo, Melhor Direção, Melhor Trilha Sonora, Melhor Produção, Melhor Ator e Melhor Atriz Coadjuvantes e Melhor Figurino.

dia 17, 21h

“A Tempestade e os mistérios da ilha”, direção de Jezebel de Carli
Apesar de Shakespeare ser consagrado como um dos mais importantes representantes do teatro elisabetano e considerado um dos maiores dramaturgos do mundo, o grupo Santa Estação Cia de Teatro acredita que, ainda hoje, crianças e adolescentes têm pouco acesso à sua obra, assim como às montagens de suas peças.  Por isso escolheu esta comédia, por trazer elementos fantásticos onde os personagens despertam o interesse da criança pela narrativa. A direção é de Jezebel de Carli. Em cena, os atores bailarinos convidam o público para uma viagem repleta de aventuras, labirintos, esconderijos e revelações.

Programação de cursos – de 14 a 17/03


Dois cursos, com entrada livre e gratuita, serão oferecidos ao público de Montevidéu, tendo como tema a Literatura Brasileira e a Música Popular Brasileira, como segue:

Literatura: “Perspectivas da produção literária gaúcha em relação à literatura brasileira”


Ministrantes: Sérgius Gonzaga e Antônio Sanseverino
Local: Cabildo às 18h dias 14/03, 15/03 e 16/03, às 18 horas
Cabildo às 10h dia 17/03 (sábado)
O curso oferece uma visão ampla do que se produz na literatura brasileira contemporânea e traça com detalhes o papel dos gaúchos nessa produção.

Música popular:  “Um olhar gaúcho sobre a música popular brasileira”


Ministrantes: Luís Augusto Fischer e Arthur de Faria
Local:  Cabildo às 18h, dias 14/03, 15/03 e 16/03
Cabildo às 10h dia 17/03 (sábado)
Devidamente ilustrada com músicas de todas as épocas e gêneros, o curso sobre música brasileira mostrará a diversidade cultural de um país que encontrou sua mais significativa forma de resistência durante o período da ditadura militar através de seus músicos e artistas, bem como ao celebrar a alegria e a esperança de um povo acostumado a se expressar através da canção.

Programação de Cinema - de 14 a 18/03

“A produção cinematográfica e as peculiaridades do cinema do Rio  Grande do Sul”
Local:  Cinemateca Uruguaia
Horários:18h10/19h30/20h50

A mostra Curta os Gaúchos reúne os destaques da produção de curtas-metragens gaúchos do ano de 2006. Na programação, títulos como Terra prometida, de Guilherme Castro (melhor curta 16mm nos festivais de Gramado e Brasília); a nova safra da produtora Clube Silêncio, com destaque para A domícilio (que marca a estréia na direção do ator Nelson Diniz), Sketches, de Fabiano de Souza, e o documentário Pequenos tormentos da vida, de Gustavo Spolidoro; a premiada animação Leonel Pé-de-Vento, de Jair Giacomini; Lótus, de Cristiano Trein (melhor curta 35mm gaúcho em Gramado 2006); o excelente documentário Kilmayr, de Márcio Schenatto, que foi produzido em Caxias do Sul e custou apenas R$ 300,00; além de curtas assinados por formandos dos novos cursos de cinema da região: De dentro do meu sexo, de Ana Albornoz - PUCRS, Sem mais delongas, de Frederico Ruas - Unisinos, entre outros. São 19 curtas no total, divididos em cinco programas diferentes.

Mostra RBS TV
A RBS TV de Porto Alegre, emissora afiliada à Rede Globo, através do Núcleo de Especiais, tem produzido sistematicamente documentários e séries de ficção, valorizando a cultura regional do sul do Brasil. Desde 1999, a emissora produziu aproximadamente 500 especiais. Alguns desses programas estão presentes nessa Mostra de Montevidéu através de musicais, adaptações literárias, “Histórias extraordinárias” (lendas e mitos do imaginário popular) e “Histórias Curtas”. Esse projeto, atualmente na sua sétima temporada, é um concurso público onde a RBSTV financia oito curta-metragens e exibe para todo o Estado do Rio Grande do Sul.

PROGRAMAÇÃO

14/03 - PROGRAMA 1

Pequenos Tormentos da Vida (2006, vídeo, 20 minutos), de Gustavo Spolidoro.
Em uma escola, crianças da terceira série descobrem o universo do poeta Mario Quintana. Produzido pela Associação dos Amigos da Casa de Cultura Mario Quintana.

Porto Alegre de Quintana (2006, vídeo, 26 minutos), de Fabiano de Souza e Gilson Vargas


Um dia na cidade de Porto Alegre. Embalados pelas palavras do poeta Mario Quintana, esqueletos passeiam de Jeep, um cavalo bebe em um bar, um homem senta-se na parede da sua casa. Um dos episódios da série Quintana Anjo Poeta, produzida pela RBS TV para comemorar o centenário de Mario Quintana.

Sketches (2006, 35mm, 15 minutos), de Fabiano de Souza


Dois presos se conhecem numa sala. Na falta de comida, eles resolvem fazer uma aposta: quem tiver cometido o pior crime será devorado pelo outro.

A Domícílio (2006, 35mm, 11 minutos)


Beiço aguarda Marofa. Um neo-hippie espera a sua pizza de brócolis. Banha e Cavanha chegam no apartamento errado. E quem paga a conta é o motoboy. Cinco personagens, dois endereços e um engano. Curta que marca a estréia na direção do ator Nelson Diniz.

Esses Moços (43 min) - Um programa musical com as composições de Lupicínio Rodrigues (1914-1974) revisitadas pelos principais nomes da música gaúcha. Lupicínio é um dos mais importantes compositores da música popular brasileira e se tornou conhecido com suas músicas que falam de amores, traições, ciúmes. Nesse especial, aparecem desde as versões mais tradicionais da música deste compositor nascido em Porto Alegre, até a releitura eletrônica, passando por uma elaborada versão com instrumentos de sopro.


O programa foi gravado no Teatro Elis Regina, na Usina do Gasômetro, em Porto Alegre, e contou, além dos 15 intérpretes, com mais de 100 pessoas, entre músicos, técnicos e produtores. A cenografia é de Vicente Saldanha, com fotografia de Melissandro Bittencourt e produção de Miriam Amaral. Roteiro e direção de Gilberto Perin

15/03 - PROGRAMA 2

Vera Lúcia (2006, 35mm, 12 minutos), de Diego de Godoy
Um homem (Luiz Paulo Vasconcellos) relembra um momento traumático de sua adolescência na margem de um rio.

Kilmayr (2006, vídeo, 10 minutos), de Márcio Schenatto


Documentário premiado no último festival Cine Esquema Novo sobre um gari que trabalha nas ruas de Caxias do Sul.

Histórias de Esquina (2006, vídeo, 45 minutos), de Felipe Diniz


O cotidiano de quatro prostitutas, Bela, Jane, Marisol e Ana Paula, flagradas em suas casas enquanto desempenham as atividades mais corriqueiras.

Olhai os Lírios dos Campos – (26min56seg)


Livre adaptação do primeiro livro de Erico Veríssimo (1905-1975) que fez sucesso popular. É considerada a mais romântica história do escritor nascido em Cruz Alta, no Rio Grande do Sul. Eugênio é um jovem ambicioso médico, e Olívia, a colega que se entrega a ele com paixão. No elenco, Larissa Maciel, Felipe Kannenberg e Mariana Vellinho. Roteiro de Nelson Nadotti e direção de Cristiano Trein. Fotografia de Alberto La Salvia. Trilha sonora original de Geraldo Flach. A produção executiva é da TGD Filmes.

 Caminhos Cruzados” –(31min 30 seg)
“Caminhos Cruzados” foi considerado um livro polêmico e imoral, na década de 1930. Nele, a sociedade porto-alegrense é apresentada sem falsas hipocrisias. Os personagens de Erico Verissimo estão interligados direta e indiretamente, tornando a trama um grande quebra-cabeças. No elenco estão, entre outros, Luiz Paulo Vasconcelos, Werner Schünemann, Sissi Venturin, Liane Venturella, Dani Gris, Marcos Verza, Patsy Cecato, Eliane Steinmetz e Cláudia Meneghetti. Participação de Nico Nicolaievsky. Roteiro de Renato Del Campão e direção de Gilberto Perin. Fotografia de Jorge Henrique “Boca” e trilha sonora original de Geraldo Flach. Produção executiva da RBS TV.

16/03 - PROGRAMA 3

Dama (2006, vídeo, 12 minutos), de Vinicius Cruxen
O encontro de um homossexual (Lauro Ramalho) com um garoto de programa (Alisson Joenck). Curta dirigido por um aluno do curso de cinema da PUCRS.

De Dentro do Meu Sexo (2006, vídeo, 19 minutos) de Ana Albornoz


Um grupo de travestis e prostitutas fala sobre suas vidas.

Sem Mais Delongas (2006, vídeo, 18 minutos), de Frederico Ruas


Dois amigos numa longa jornada noite adentro. Curta dirigido por um aluno do Curso de Realização Audiovisual da Unisinos.

Éternau (2006, 16mm/vídeo, 21 minutos), de Gustavo Jahn


Na tradição do cinema de Rogério Sganzerla, um inventivo curta sobre um grupo de espiões que embarca em um navio para uma missão secreta no Egito.

Quintana Inventa o Mundo” – (24min31seg)

O universo lúdico do poeta gaúcho Mario Quintana (1906-1994) é retratado nesse documentário e quem é Lili, personagem do poeta. Como o poeta morou em diversos hotéis, foram recriados quartos com temáticas presentes na poesia dele: o quarto das crianças, o quarto do vento, o quarto dos fantasmas, o quarto dos origamis. Participam do programa as atrizes Fernanda Carvalho Leite, Mirna Spritzer e Stefanie Grolli, além dos atores Leonardo Machado, Marco Fronckowiak e Nilsson Asp. Direção de Camila Gonzatto e Frederico Pinto, que assinam o roteiro junto com Ivana Verle. Direção de fotografia de Maurício Borges de Medeiros. Trilha sonora original de Hique Gomez e narração de Evandro Soldatelli. Produção executiva da Armazém de Imagens.

Porto Alegre de Quintana- (25min28seg )

A relação do poeta com a cidade que escolheu para viver e à qual dedicou muitos de seus poemas. Lugares característicos da cidade aparecem no programa, como a Rua da Praia, o Trensurb, o rio Guaíba e a avenida Borges de Medeiros. Participam do especial os atores Gustavo Müller, Zé da Terreira, Marcelo Restori, Haydée Porto, Rafael Kerber e José Baldissera. Direção de Gilson Vargas e Fabiano de Souza, que assinam o roteiro junto com Vicente Moreno e Milton do Prado. Direção de fotografia de Vinicius Nora. Música original de Artur de Faria. Produção executiva da Clube Silêncio.

17/03 - PROGRAMA 4

Tabuleiro Incompleto (2006, vídeo, 15 minutos), de Pedro Karam
Um reunião de família revela ressentimentos e segredos escondidos. Curta inspirado em conto de Vera Karam, dirigido por um aluno do Curso de Realização Audiovisual da Unisinos.

Terra Prometida (2006, 16mm, 11 minutos), de Guilherme Castro


Pedro prepara um rústico caixão para enterrar o irmão que foi trazido morto. Em silêncio, a mãe vela e sofre a perda, enquanto a família fica lisonjeada com a chegada de uma visita ilustre que veio trazer os pêsames. Inspirado em conto de Tailor Diniz.

Lótus (2006, 35mm, 15 minutos), de Cristiano Trein


Marido (Marcello Antony) desconfia da fidelidade da esposa (Bete Coelho) e passa a persegui-la pela cidade.

Um Aceno na Garoa (2006, 35mm 15 minutos), de Mário Nascimento


Numa noite de chuva, o encontro de uma prostituta com um desempregado). Inspirado em conto de Sérgio Faraco.

O Lugar das Coisas –(16min)

Uma mulher com 50 anos e que trabalha em um banco. Ela sempre teve sua vida extremamente vazia, burocrática, onde nada acontece. Sua vida sempre foi assim, exceto quando tinha 20 anos; foi aí que ela conheceu um rapaz que fez sua vida mudar.
No elenco, Ida Celina, Carolina Dariano, Rodrigo Najar, Marley Danckward e João França. Narração de Milton Gonçalves e a direção de fotografia de Joel Sagardia. Roteiro de Cristina Gomes e direção musical de Hique Gomez. Direção de Rafael Figueiredo. Produção da Cooperativa de Vídeo.

Ponto de Vista- (15min04seg)

Um cego, um motorista de táxi e uma cantora. Um cego que registra em seu gravador os sons dos pássaros, das pessoas dos carros e de uma bela moça que passa. Ela é uma cantora de bar que toca fundo o coração dele. Uma música que passa sempre que a moça aparece. Um perfume, o sino que bate. No elenco, Sirmar Antunes, Carlos Cunha e Lívia Perroni Pires. Trilha sonora original de Marcelo Fruet e fotografia de Juliano Lopes. Roteiro e direção de Bethânia Furtado. Produção da Cooperativa de Vídeo.

É pra presente (15min27seg)

Em meio a livros, cafés e muito bate-papo, um cliente de uma livraria descobre uma razão mais forte do que a paixão pela literatura para freqüentar o local. No elenco Sissi Venturin, Tadeu Liesenfeld, Luiz Paulo Vasconcellos, Felipe de Paula, Roberta Savian e Daniel Bacchieri. Fotografia de Alberto La Salvia e trilha sonora original de Angelo Primon. Roteiro e direção de Camila Gonzatto. Produção executiva da Armazém de Imagens.

De 10 a 14 Anos – (12min09seg)

Um adolescente está numa praia no litoral do Rio Grande do Sul às vésperas de completar 15 anos e, enquanto espera a chuva passar, ele analisa sua adolescência criando expectativas para o seu futuro e da sua turma.  No elenco: Diego Acauan, Ivan Hahner, Luis Antônio Pereira, Diego Costa, Marina Berton e Suelen de Sá. Fotografia de Alberto La Salvia. Roteiro e direção Marcio Schoenardie. Produção da Cápsula Cinematográfica.

Foi onde deu para chegar de bicicleta – (13min18seg)

Uma história sobre bicicletas, mares, lagoas, picolés de limão, vida após a morte e felicidade. Um homem recebe a visita de um vendedor que poderá lhe vender a vida eterna.  No elenco estão Hique Gomez (também responsável pela trilha sonora) e Marcos Verza. Fotografia de Maurício Borges de Medeiros. Roteiro e direção de Frederico Pinto. A produção é da Armazém de Imagens.

18/03 - PROGRAMA 5

Esperando Gauguin, de Vinicius Guerra (2006, vídeo, 19 minutos)
Um artista enfrenta seu processo criativo.

Júlia, de Cacá Nazário (2006, 35mm, 20 minutos)


Artista plástica em crise (Fernanda Carvalho Leite) revê sua relação com o pai.

Leonel Pé-de-Vento (2006, 35mm, 15 minutos), de Jair Giacomini


Premiado curta de animação sobre um garoto que vive numa pequena cidade de colonização italiana e está sempre isolado devido a seu poder de voar.

Super Flufi (2006, 35mm, 12 minutos), de Tula Anagnostopoulos


Aos goles do achocolatado Super Flufi, o herói de seu desenho favorito, Larissa disputa com seu tio doente o controle remoto da televisão.

A Ferro e fogo – Tempo de Solidão – (1h35min)



Adaptação da obra do escritor gaúcho Josué Guimarães (1921-1986). O cenário histórico é a chegada dos imigrantes alemães em São Leopoldo (RS), em 1824. Uma trama de amor, ódio e vingança, envolvendo uma família alemã que é enviada para tomar conta de uma estância, sem saber que estariam no meio de uma guerra, além de ser acusados de contrabando de armas.
No elenco dessa primeira minissérie da RBS TV de Porto Alegre, estão: Larissa Maciel, Marcos Verza, Evandro Soldatelli, Elisa Volpatto, Alexandre Cardoso, João Diemer, Nelson Diniz, Marcelo Aquino, Rafael Sieg, Hique Gomez, Fábio Rangel, Jorge Júnior e Marcos Guarani. Roteiro de Nelson Nadotti e direção de Gilberto Perin. Trilha sonora original de Jean Presser e fotografia de Maurício Borges de Medeiros. Arte de Gilka Vargas e Iara Noemi, com figurinos de Coca Serpa. Produção de Gina O’Donnell. Produção executiva de Zanza Pereira. Realização da RBS T



©livred.info 2017
enviar mensagem

    Página principal