A mosca e a formiguinha



Baixar 9,95 Kb.
Encontro24.07.2018
Tamanho9,95 Kb.

ESCOLA _________________________________________________DATA:_____/_____/_____

PROF:______________________________________________________TURMA:____________

NOME:________________________________________________________________________

A MOSCA E A FORMIGUINHA

- SOU FIDALGA! – DIZIA A MOSCA À FORMIGUINHA QUE PASSAVA CARREGANDO UMA FOLHA DE ROSEIRA. - NÃO TRABALHO, POUSO EM TODAS AS MESAS, LAMBISCO DE TODOS OS MANJARES, PASSEIO SOBRE O COLO DAS DONZELAS E ATÉ ME SENTO NO NARIZ. QUE VIDÃO REGALADO O MEU...

A FORMIGUINHA ARRIOU A CARGA, ENXUGOU A TESTA E DISSE:

- APESAR DE TUDO, NÃO INVEJO A SORTE DAS MOSCAS. SÃO MAL VISTAS. NINGUÉM AS ESTIMA. TODA GENTE AS ENXOTA COM ASCO. E O PIOR É QUE TEM UM BERÇO DEGRADANTE: NASCEM NAS ESTERQUEIRAS.

- ORA, ORA! – EXCLAMOU A MOSCA. – VIVA EU QUENTE E RIA-SE A GENTE.

- E ALÉM DE IMUNDAS SÃO CÍNICAS – CONTINUOU A FORMIGA – NÃO PASSAM DUMAS PARASITAS. JÁ A MIM TODOS RESPEITAM. SOU RICA PELO MEU TRABALHO, TENHO CASA PRÓPRIA ONDE NADA ME FALTA DURANTE O RIGOR DO MAU TEMPO. E VOCÊ? VOCÊ, BASTA QUE FECHEM A PORTA DA COZINHA E JÁ ESTÁ SEM O QUE COMER. NÃO TROCO A MINHA HONESTA VIDA DE OPERÁRIA PELA VIDA DOURADA DOS FILANTES.

- QUEM DESDENHA QUER COMPRAR – MURMUROU IRONICAMENTE A MOSCA.

DIAS DEPOIS A FORMIGA ENCONTROU A MOSCA A DEBATER-SE NUMA VIDRAÇA.

- ENTÃO, FIDALGA, QUE É ISSO? – PERGUNTOU-LHE.

A PRISIONEIRA RESPONDEU, MUITO AFLITA:

- OS DONOS DA CASA PARTIRAM DE VIAGEM E ME DEIXARAM TRANCADA AQUI. ESTOU MORRENDO DE FOME E JÁ EXAUSTA DE TANTO ME DEBATER.

A FORMIGA REPETIU AS EMPÁFIAS DA MOSCA, IMITANDO-LHE A VOZ: “SOU FIDALGA! POUSO EM TODAS AS MESAS... PASSEIO PELO COLO DAS DONZELAS...” E LÁ SEGUIU O SEU CAMINHO, APRESSADINHA COMO SEMPRE.



QUEM QUER COLHER, PLANTA. E QUEM DO ALHEIO VIVE, UM DIA SE ENGASGA.

LOBATO, MONTEIRO. FÁBULAS. SÃO PAULO. EDITORA BRASILIENSE, 1994.
COMPREENSÃO DE TEXTO

  1. QUAL É O TÍTULO DO TEXTO?

R.: A mosca e a formiga.

  1. QUEM É O AUTOR?

R.: Monteiro Lobato.

  1. QUAIS SÃO OS PERSONAGENS DA HISTÓRIA?

R.: Os personagens do texto são a formiga e a mosca.

  1. QUANTOS PARÁGRAFOS EXISTEM NO TEXTO?

R.: O texto possui 12 parágrafos.

  1. COMO VIVIA A MOSCA?

R.: A mosca não trabalha vive posando em todas as mesas, lambiscando todos os manjares, passeando pelo colo das donzelas e até se sentando nos narizes.

  1. COMO VIVIA A FORMIGA?

R.: Ela é rica pelo seu trabalho, tem casa própria e nada falta a ela durante o rigor do mau tempo, e ela é honesta.

  1. DO QUE A MOSCA SE ORGULHAVA?

R.: A mosca se orgulhava de não trabalhar e ter tudo.

  1. DO QUE A FORMIGA SE ORGULHAVA?

R.: Ela se orgulhava de ser honesta e trabalhar.

  1. EXPLIQUE A MORAL DA HISTÓRIA:

R.: Resposta pessoal.

  1. NO TEXTO EXISTEM ALGUMAS PALAVRAS GRIFADAS, PROCURE NO DICIONÁRIO O SIGNIFICADO DELAS E REGISTRE O QUE MAIS SE ENCAIXA NO CONTEXTO:

Fidalga: pessoa nobre.

Lambisco: Comer pouco, beliscar.

Regalado: farto, abundante.

Arriou: baixar, por no chão.

Asco: nojo

Degradante: infame

Parasitas: que vive à custa alheia.

Filantes: pessoa que procura obter as coisas sem gastar dinheiro.

Exausta: ababado.

Empáfias: vaidade.



www.acessaber.com.br




©livred.info 2017
enviar mensagem

    Página principal