A mensagem do terceiro anjo sermão 14



Baixar 115,57 Kb.
Encontro19.07.2018
Tamanho115,57 Kb.

A MENSAGEM DO TERCEIRO ANJO
Sermão nº 14 - Conferência Geral de 1893

Por A.T. Jones


Temos visto a manifestação da mente natural - a mente carnal - em dois de seus modos: paganismo e papado. Mas há outra que é moderna. Há uma que surgiu na atualidade, outro ardil em que o autor da mente car­nal está representado, e pelo qual enganará muitas pessoas, se elas não tiverem a mente que é de CRISTO. Ora, de quem é a mente carnal? [Congregação: "De Satanás."] Em que coisa a mente carnal pensa? [Congregação: "No eu."] Em Satanás está o eu; em nós está o eu. Temos visto como no paganismo aberto, audaz, paganismo nu, é colocado aquilo [eu] no lugar de DEUS, igual a DEUS, na imortalidade da alma. Então temos descoberto como quando o cristianismo entrou no mundo, essa mesma mente carnal levantou uma contrafação daquilo e revestiu-se - a mesma mente carnal - com uma forma de cristianismo, e chamou-a de justificação pela fé, quando era tudo justificação pelas obras, - a mesma mente carnal. Isso é o papado, o mistério da iniquidade.

Agora há outro desenvolvimento na obra de Satanás nos últimos dias, separar-se do paganismo como é em si mesmo, e separar-se do papado como este é em si mesmo, e como tem sido manifestado até agora. Isto é assim? [Congregação: "Sim."] Em que forma vem aquilo? De que modo Satanás trabalha nos últimos dias? [Con­gregação: "Espiritualismo".] Sim; e isso exaltará o eu. Mas o espiritismo trabalhará sempre no nome de Satanás? [Congregação: "Não."] Quanto mais perto chegarmos da segunda vinda do Salvador, mais completamente o espi­ritualismo estará professando CRISTO. Quem é que vem antes que JESUS venha, muitos deles? [Congregação: "Falsos Cristos."] Haverá muitos vindo e dizendo, "Eu sou CRISTO;" e finalmente o próprio Satanás vem - como Satanás? [Congregação: "Não; como CRISTO."] Ele vem como CRISTO; é recebido como CRISTO. Então o povo de DEUS deve estar tão bem familiarizado com o Salvador que nenhuma profissão do nome de CRISTO será recebida ou aceita que não seja a verdadeira, a coisa genuína. Mas quando o falso cristianismo estiver se apresentando ao mundo, quando toda espécie de falso CRISTO aparecer, então somente como uma pessoa pode estar segura? Como se saberá que aquilo é falso? Somente por Aquele que é verdadeiro; somente tendo Sua própria mente.

Agora quero ler-vos uma expressão dessa última fase da mente carnal. Temos lido as outras duas; lemos a pagã e a papal. Agora quando lermos esta última, então teremos todas as três fases; teremos diante de nós o dragão, a besta e o falso profeta. E então não haverá qualquer sombra ou desculpa para nenhum de nós depois daquilo, de tomar qualquer posição senão aquela que é abertamente ela mesma somente a mente de JESUS CRIS­TO e a justiça de DEUS de acordo com Sua idéia de justiça. Haverá alguma desculpa? Nenhuma desculpa. Quan­do vermos diante de nós a expressão direta do falso caminho em todas as três de suas formas, então, embora não estejamos habilitados a compreender ou ver a outra, conheceremos aquilo bem o bastante para não nos meter com aquilo, e tomaremos a outra quer a vejamos ou não. Não preferiríamos aceitar o SENHOR, que não vemos, do que o diabo, que vemos? Qual prefiriríeis? Eu preferiria tomar ao SENHOR, com meus olhos fechados, do que o diabo com meus olhos abertos.

Esta é uma publicação mensal - eu vos direi o que é presentemente; mas lerei uma passagem ou duas de início. Isso é uma disciplina para uma semana - um curso de treinamento para cada dia da semana.

"Que quinta-feira seja o dia para declarar sua fé."

Vede o que é fé [de acordo com a publicação].

"Diga, 'Creio que DEUS está agora trabalhando comigo e através de mim e por mim e em meu favor;' diga-o com plena certeza, pois é verdadeiro.

"Na sexta-feira seja corajoso e forte e poderoso; vença todos os obstáculos pela sua palavra; diga, 'Posso fazer todas as coisas através de CRISTO que me fortalece;' diga isso com toda força de seu ser, e lhe digo que você pode fazer mesmo qualquer coisa que quiser fazer, mesmo a operação de milagres."

Ora, isso é uma mentira; para que todos possais ver que aquilo é uma mentira, leio a disciplina de quar­ta-feira: -

"Na quarta-feira utilize as afirmações; não somente as afirmações da ciência, mas afirme todas as boas coisas em você mesmo."

[Voz da congregação: "Isso prova que é uma mentira."]

Não diz que DEUS está operando em mim, e por mim, e em meu favor, e através de mim? Quando for­mos a JESUS e tivermos Sua justiça e Sua bondade, então não podemos afirmar que nós somos bons? Quereis admitir isso? Quereis? [Voz: "Sim, senhor."] Desejais? [Voz: "Sim, senhor."] Tudo certo. Isto não é tudo. Leio mais: -

"Afirme todas as boas coisas em você mesmo. Gabe-se que você é tão bom e amável, e que você é tão honesto em suas intenções de servir o bem; louve-se que você é tão firme nessas mesmas intenções; elogie-se por­que você é tão forte e saudável."

Sim; talvez louvai-vos porque viveis tão estritamente a reforma da saúde, tal que tendes boa saúde. Ten­des feito isso; gabai-vos por isso?

"Elogie-se porque você tem uma disposição generosa tão agradável."

Podeis fazer isso, podeis? [Congregação: "Não."] Nem quando vossos pecados são perdoados, e estais livres de todas aquelas coisas pelo poder de CRISTO? Não podeis louvar-vos então por vossa disposição caridosa agradável, por serdes tão bons? [Congregação: "Não, senhor."] Mas leio mais: -

"Louve-se porque você vê somente o bem em todos e em tudo em todo o mundo. Gabe-se por toda boa coisa que você vê em si mesmo, por cada coisa boa que você quer ver em si mesmo... Você deve louvar pela boa característica que está ali para fortalecê-lo, e louvar pelo bom traço que parece faltar para compeli-lo a aparecer, pois você sabe que o fruto de seus lábios serão criados para você."

Ora, isso é o que é chamado "Ciência Cristã." Podeis ler o título (levantando o livro). Um irmão me pas­sou uma cópia dessa coisa outro dia. O título é "Ciência Cristã," e na capa há uma citação da Escritura: "Minhas palavras não passarão." Ora, irmãos, não é tempo de começarmos a crer na Bíblia e nos "Testemunhos"? Não é tempo de termos a mente de JESUS CRISTO? [Congregação: "Amém."] A mente que confessar que isso do Tes­temunho é assim, que tem incomodado tantos dos irmãos toda vez que tem sido lido. Agora leiamos aquilo nova­mente, e vedes se direis que assim é, quer creiais ou não. É tempo. Testimonies nº 31, p. 44: -

"Estais em CRISTO? Não, se não vos reconhecerdes pecadores errantes, desajudados, condenados."

Não estais em CRISTO, a não ser que vos reconheçais aquilo. Ora, é assim? [Congregação: "Sim."] Es­tais desejosos de permanecer assim agora, quer entendais como assim é ou não? [Congregação: "Sim."] Apegar-vos-eis a isso diante do paganismo, do papado e do espiritismo, em todas as suas fases? Então quero saber por que no mundo não é tempo para vós e para mim ter uma mente que não dirá "Amém" a qualquer de tal matéria como essa que li dessa coisa como a Ciência Anti-cristã? Leio novamente do Testimonies: -

"Estais vós em CRISTO? Não, se não vos reconhecerdes pecadores errantes, desajudados e condenados. Não, se estais exaltando e glorificando o eu."

Então, embora essas pessoas citem as palavras de CRISTO, é tudo contrafação. Sabeis que o Volume IV de Testimonies nos diz que quando o próprio Satanás vier com as graciosas palavras que o Salvador declarou, ele as falará com muito do mesmo tom, e as impingirá aos que não têm a mente de CRISTO. Irmãos, não há salvação para nós, não há nenhuma segurança para nós, não há nenhum remédio para nós em absoluto, se não tivermos a mente de CRISTO.

E isso passa também através de todas as nossas obras. Não é simplesmente para o ministro. É para todos. Não vos lembrais que outro dia na palestra que o Dr. Kellog nos deu sobre a obra médica missionária, como que ele viu, e tem visto por longo tempo, a falta no sistema de medicina, para alcançar e acalmar a mente? Não vos lembrais que ele nos disse que ele percebeu essa falta em toda prática médica? Ele descobriu na prática deles todo caminho através do qual havia um defeito nos sistemas médicos, e que nada havia que alcançasse e aliviasse a mente e a desligasse da alma doentia, para que o corpo pudesse prosseguir e ficar bom pelo tratamento que os médicos dessem.

Irmãos, não tem CRISTO suprido exatamente essa falta que há em todos os sistema médicos, em Seu próprio sistema médico que Ele nos tem dado pelo Seu próprio ESPÍRITO? A mente de CRISTO, para a enfer­meira, para o médico, para levar ao aflito, ao doente, ao sofredor, ao moribundo, e erguer a mente do sofredor a JESUS CRISTO, e ter Sua mente, afastando-a do eu. Então o paciente estando em repouso, o médico pode pros­seguir e medicar o corpo, que ficará bom, enquando o paciente está desfrutando das bênçãos e da paz de JESUS CRISTO e da mente que Ele dá. Não vedes como isso passa por toda vossa obra, e é a única coisa em qualquer lugar? Essa parte não é nova para o médico também. Mas como ele nos estava falando sobre o defeito dos siste­mas médicos, quero que vejais que a mente de CRISTO suprirá o defeito. Leio do Testemunho: -

"Não estais em CRISTO, se estiverdes exaltando e glorificando o eu."

Agora notai: -

"Se há qualquer bem em vós, é completamente atribuível à misericórdia de um compassivo Salvador."

Agora notai isto: -

"Vosso nascimento, vossa reputação, vossa riqueza, vossos talentos, vossas virtudes, vossa piedade, vos­sa filantropia, ou algo mais em vós ou ligado convosco, não formará um elo de união entre vossa alma e CRIS­TO."

Ora, isto é assim? [Congregação: "Sim."] Pastor Underwood: "Por favor, leia isso novamente."

"Vosso nascimento, vossa reputação, vossa riqueza, vossos talentos, vossas virtudes, vossa piedade, vos­sa filantropia, ou algo mais em vós ou ligado convosco, não formará um elo de união entre vossa alma e CRIS­TO."

"Vossa ligação com a igreja, o modo com os irmãos vos consideram, não será de nenhum valor, a não ser que creais em CRISTO."

Agora notai esta ênfase: -

"Não é suficiente crer sobre Ele; mas deveis crer NEle." "Em CRISTO". O que isso significa?

"Deveis confiar inteiramente em Sua graça salvadora."

Isto é cristianismo. Essa é a mente de CRISTO. Não há nenhum satanismo acerca disso tudo; e isso não pode entrar lá também. Por que, vós o achareis também em Caminho a CRISTO. Não declarado exatamente as­sim. Lerei uma passagem ou duas de Caminho a CRISTO, começando na pagina 67 e lendo até a página 71: -

"A condição de vida eterna é agora exatamente a que sempre foi, - a mesma que foi no Paraíso antes da queda de nossos primeiros pais, - perfeita obediência à lei de DEUS, perfeita justiça."

E se vós e eu não tivermos aquilo, nunca teremos a vida eterna. Não a poderemos ter agora ou em qual­quer outro tempo. Se vós e eu não tivermos "perfeita obediência à lei de DEUS", desde a primeira respiração até a última, então a vida eterna não nos pertence. Mas tão certamente quanto vós e eu tivermos "perfeita obediência à lei de DEUS", então a vida eterna é nossa naquele mesmo momento. Mas aquela "perfeita obediência" deve a­tingir, digo, desde a primeira respiração até a última, agora, nesta noite, e deve ser até a última que jamais respi­ramos, mesmo que seja em dez mil anos a partir de agora, nas profundezas da eternidade. Não estou perguntando se entendeis isto, irmãos, crede-o, e entendereis. "Bem, isto não contradiz algo que ele estava pregando antes?" Isto não contradiz o que estive pregando; é o que estive pregando o tempo todo, e o que qualquer outra pessoa prega, quando prega o evangelho.

"A condição de vida eterna é agora exatamente a que sempre foi, - a mesma que foi no Paraíso antes da queda de nossos primeiros pais, - perfeita obediência à lei de DEUS, perfeita justiça. Se a vida eterna fosse ou­torgada em qualquer outra condição a menos que essa, então a felicidade do universo inteiro seria colocada em perigo... Não temos justiça nossa própria com a qual satisfazer os reclamos da lei de DEUS."

Isso é assim. Então como no mundo jamais teremos a vida eterna? [Congregação: "Através de CRISTO."] Ah! "O dom de DEUS é a vida eterna, através de CRISTO JESUS nosso SENHOR." Mas teremos de conseguir ter "perfeita justiça" antes que possamos ter aquele dom, não é? Oh então, justamente como o SE­NHOR, Ele vem e diz, "Aqui, em CRISTO, está a perfeita justiça; aqui está a perfeita obediência à lei de DEUS, desde o nascimento até a sepultura; vós tomais isto e isto satisfará completamente a condição em que somente qualquer pessoa pode ter a vida eterna."

Tudo certo. Não estais contentes com isto? [Congregação: "Sim."] Estou tão feliz por isto, que não sei o que fazer mais, a não ser ficar contente. Oh, Ele quer que eu tenha a vida eterna. Não tenho nada para merecê-la; não tenho nada que satisfaça a condição na qual somente ela pode ser outorgada. Tudo que tenho arruinaria o uni­verso se DEUS fosse me outorgar a vida eterna por isso. Bem, Ele não pode fazer isso; mas DEUS quer que eu tenha a vida eterna; Ele quer que eu a tenha, tanto assim que Ele morreu para que eu pudesse tê-la. [Congrega­ção: "Amém."] E oh, então de novo digo, é mesmo como DEUS, que é amor, como Ele é, Ele vem e diz, "Aqui, em CRISTO, está a perfeita obediência desde a primeira respiração até a última, e vós O tomais e a Sua justiça, e então obtivestes a condição." Bom! Bom! Sim, senhor.

"Não temos justiça de nós mesmos com a qual satisfazer os reclamos da lei de DEUS. Mas CRISTO ob­teve um caminho de escape para nós."

Graças ao SENHOR!

"JESUS viveu na terra em meio das provações e tentações tais como temos de enfrentar. Ele viveu uma vida sem pecado, Ele morreu por nós, e agora Ele oferece para tomar nossos pecados e dar-nos Sua justiça."

Que transação! Que troca! Irmãos, não é terrível que os homens hesitem tanto e demorem-se e se retar­dem ante que entreguem tudo e façam essa abençoada transação? Não é horrível?

"Se der-vos a Ele, e O aceitardes como vosso Salvador, então, pecaminosa quanto vossa vida possa ter sido, por causa Dele vós sois considerados justos. O caráter de CRISTO fica em lugar de vosso caráter, e sois aceitos diante de DEUS exatamente como se nunca tivésseis pecado."

Sim senhor, vós e eu, quando fizermos isso, vós e eu permaneceremos diante de DEUS, justamente como se nunca tivéssemos cometido um pecado neste mundo - exatamente como se tivéssemos sido anjos todo o tempo. Irmãos, DEUS é bom! Ele é bom! Oh, nosso Salvador é um maravilhoso Salvador! Ele é bom! Oh, nosso Salvador é um maravilhoso Salvador! [Congregação: "Amém."] Irmãos, isto assim é. Deixai que Ele tenha Seu próprio modo de fazer as coisas.

"Mais do que isto" - poderia haver algo mais, pensai? Por que o SENHOR diz assim: -

"Mais do que isto, CRISTO muda o coração, Ele habita em vosso coração pela fé."

Essa é a bênção disso. Que bem faria a vida eterna para mim com tal coração. Não, não pára aí; Ele muda o coração.

"Deveis manter essa ligação com CRISTO pela fé e pela contínua entrega de vossa vontade a Ele;" -

Este é o pensamento que tivemos a noite passada; é a mesma lição.

"e enquanto fazeis iso, Ele operará em vós o querer e o fazer de acordo com Sua vontade. Assim podeis dizer," -

Podeis dizer, DEUS tem-nos dado permissão para dizer, Ele tem-nos dito que podemos dizer: -

"'A vida que agora vivo na carne, vivo-a pela fé do Filho de DEUS, que me amou, e deu-Se por mim.' Assim disse JESUS a Seus discípulos, 'Não sois vós que falais, mas o ESPÍRITO de vosso PAI quem fala.' Então, com CRISTO habitando em vós, manifestareis o mesmo espírito e fareis as mesmas obras, -"

Não podeis fazer de outro modo. CRISTO é o mesmo, ontem, hoje e eternamente. Ele é o mesmo aqui em nossa carne agora, como Ele foi quando Ele esteve aqui antes na carne.

- "obras de justiça, obediência. Assim, nada temos em nós mesmos do que nos gabar."

Graças ao SENHOR. Não comeceis a elogiar-vos e a jactar-vos, e dizer, "Sou rico agora, e aumentado em bens; agora sou sábio; agora estou todo certo." Não. Não é a pessoa que diz isso, num tempo como este, não é ela a pior criatura do universo? Como poderia ela ser pior? Quando ela estava inteiramente perdida, desajudada e arruinada, e ela o confessou e assim o disse, e então o SENHOR tem tal maravilhosa compaixão que lhe dá tudo que Ele tem no universo, e então aquele homem levanta-se e começa a gabar-se de quão bom e quão grande é; que maior censura poderia ele possivelmente colocar sobre a bondade do SENHOR? Não senhor. "Que aquele que se gloria, glorie-se no SENHOR." [Congregação: "Amém!"] Façamos isto então.

"Assim nada temos em nós mesmos do que nos jactar. Não temos lugar para exaltação própria."

O homem que toma JESUS como Ele é, será sempre humilde. Torna o homem humilde tomar a CRISTO pela fé. Mas se ele não O toma pela fé, mas se O merece, de certo tem algo para jactar-se.

"Nosso único motivo para esperança está na justiça de CRISTO a nós imputada e em -"

No que agora, supondes?

"Nossa única razão de esperança está na justiça de CRISTO imputada para nós, e naquilo talhado pelo Seu ESPÍRITO operando em nós e através de nós."

Nosso único motivo para esperança está na justiça de CRISTO a nós imputada, e nesta justiça talhada em nós pelo ESPÍRITO SANTO nas obras que fazemos. Então o próximo parágrafo é aquele sobre a crença satânica e o que é a fé genuína, que estudamos nas lições anteriores. É tudo um assunto.

Agora então, na página 71: -

"Quanto mais perto chegardes de JESUS, mais faltosos aparecereis aos vossos próprios olhos; pois vossa visão será mais clara e vossas imperfeições serão vistas em amplo e distinto contraste com a perfeita natureza de JESUS. Esta é a evidência que os enganos de Satanás perderam seu poder."

Qual é a condição então daquele homem que começa a imaginar-se muito bom? E se vangloria? A ilusão de Satanás está sobre ele. Mesmo que tenha vivido com o SENHOR quinze ou vinte anos, se começa agora a pen­sar que é bastante bom - qual é a condição desse homem? - Ele está enganado por Satanás. Está sob as ilusões sa­tânicas. Isso é tudo. Houve um homem que viveu com CRISTO durante 30 anos. Quando ele começou, nos pri­meiros anos de sua vida com CRISTO, ele disse, "Estou crucificado com CRISTO; e não sou eu quem vive, mas CRISTO vive em mim; e a vida que agora vivo na carne eu a vivo pela fé no Filho de DEUS que me amou e a Si mesmo Se deu por mim." E depois de 30 anos, próximo do fim de sua vida, ele diz isto: "Esta palavra é fiel e digna de toda aceitação, que CRISTO veio ao mundo para salvar os pecadores dos quais eu" era o chefe? [Con­gregação: "Sou o chefe."] Oh, não. Quando ele era Saulo de Tarso, perseguindo os santos, então ele era o chefe dos pecadores. [Congregação: "Não". 'Sou o chefe."] Amém. Exatamente.

"CRISTO JESUS veio ao mundo para salvar os pecadores dos quais eu sou o principal." - Quando? [Congregação: "Agora."] Quando ele viveu 30 anos com JESUS CRISTO? - [Congregação: "Sim".] Sim. "Sou o chefe". Oh, Paulo tinha tal visão do SENHOR JESUS, de Sua santidade, de Sua perfeita pureza, que quando ele olhou para si mesmo, considerou a si mesmo, como separado de CRISTO, ele era o pior de todos os homens. Isto é cristianismo. Esta é a mente de CRISTO. A outra é a mente de Satanás.

Assim então: -

"Esta é a evidência de que os enganos de Satanás perderam seu poder; que a vivificadora influência do ESPÍRITO de DEUS está vos erguendo. Nenhum profundo amor por JESUS pode habitar no coração que não re­conhece sua própria pecaminosidade. A alma que é transformada pela graça de CRISTO, admirará Seu divino caráter; mas se não percebermos nossa própria deformidade moral, é evidência inconfudível que não temos tido uma visão da beleza e excelência de CRISTO. Quanto menos vermos para estimarmos a nós mesmos, mais vere­mos para estimar na infinita pureza e amabilidade de nosso Salvador."

Isto é cristianismo, irmãos. Agora estudemos a Bíblia pelo que ela diz exatamente. Que dizeis? Irmãos, estamos numa posição temerosa aqui nesta conferência, nesta reunião. É simplesmente horrível. Eu disse isso an­tes, mas o reconheço nesta noite mais do que então o fiz. Não a posso evitar, irmãos. Não a posso ajudar. Esta­mos aqui numa pavorosa posição. Nenhuma alma dentre nós jamais pode sonhar que terríveis resultados pairam sobre os dias que passam aqui. [Pastor Olsen: "Isso é assim."] Assim é. Irmãos, enquanto os dias prosseguem, está nossa seriedade em buscar a DEUS se aprofundando? Está? Está? Ou em vez disso está se acalmando?

As primeiras lições, quando aqui começamos, estavam frescas; eram novas; elas trouxeram a verdade em linhas fortes, claras, positivas para que pudéssemos ver, e tiveram um efeito. Corações foram tocados, como diz a Escritura, "como as árvores do bosque são movidas pelo vento."

Mas, irmãos, a brisa se acalmou? Como está agora? Se nossas impressões, nosso senso de necessidade, nosso fervor não é achado mais profundo, irmãos, conforme estas reuniões prosseguem, então há algo que inte­ressa a cada um de nós. Não estou falando sobre nós como uma classe inteira, meramente de um modo geral; o único modo pelo qual podemos conseguir é cada um individualmente por si mesmo; se não estou fazendo isso, se vós não estais fazendo aquilo, há algo errado.

Agora, irmãos, outro pensamento. Fomos obrigados, pelo ESPÍRITO de DEUS, fomos obrigados a olhar para as obras da mente carnal, e o que ela fará pelo homem, e como ela o enganou de todo modo, - paganismo, papado, e a imagem do papado. O dragão, a besta e o falso profeta - nós os vimos, e o SENHOR pretende uma lição nisso para nós. Agora que vimos aquilo, irmãos, apenas recebamos cada um de nós aquilo que DEUS tem para dar. [Congregação: "Amém!"] Que o exame do coração prossiga, e a confissão do pecado. Não nos disse JESUS, "Sê, portanto, zeloso e arrepende-te"? "Sede zelosos, portanto, e arrependei-vos." Portanto: por esta ra­zão; por aquelas razões. Vejamos o que JESUS disse antes disso.

"15Eu sei as tuas obras, que nem és frio nem quente: oxalá foras frio ou quente!

16Assim, porque és morno, e não és frio nem quente, vomitar-te-ei da Minha boca.

17Como dizes: Rico sou e estou enriquecido, e de nada tenho falta; e não sabes que és um desgraçado, e miserável, e pobre, e cego, e nu.

18Aconselho-te que de Mim compres ouro provado no fogo, para que te enriqueças; e vestidos brancos, para que te vistas, e não apareça a vergonha da tua nudez; e que unjas os teus olhos com colírio, para que vejas.

19Eu repreendo e castigo a todos quantos amo: sê, portanto, zeloso, e arrepende-te." Apocalipse 3:15-19.

Quanto cobre esse "portanto"? Tudo. [Congregação: "Sim, senhor."] A primeira coisa que CRISTO diz é, "Eu sei as tuas obras", e a última, "Sê, portanto, zeloso e arrepende-te." Estais prontos para arrepender-vos de vossas obras agora? Estais? Estais prontos para admitir que vossas obras que tendes feito, não são tão boas como JESUS tê-las-ia feito se Ele próprio estivesse aqui e as tivesse realizado em vosso lugar? [Voz: "Sim, mil vezes."] Bom. Quão bem nos farão essas obras? São elas perfeitas? São elas obras justas? "Tudo que não é de fé, é peca­do." Há ou tem havido qualquer obra acerca de vós que não tenha sido de fé? que tenha havido o eu nelas?

Não vos esqueçais daquelas vestes que devemos comprar, - aquela vestimenta "tecida nos teares do céu, sem nenhum fio de invenção humana" nela. Então, se vós e eu tivermos ressaltado um único fio de nossa inven­ção nesta vida que temos professado estar vivendo em CRISTO, temos deteriorado a vestimenta. Irmãos, supon­des vós e eu que temos sido nestes quinze ou vinte anos tão absolutamente perfeitos que nunca colocamos um fio de invenção humana em nosso caráter por nossos feitos? [Congregação: "Não."] Então podemos nos arrepender disso, não podemos? [Congregação: "Sim."] Simplesmente chamo atenção para isto, para esta parte esta noite.

E agora para os poucos minutos que restam, leiamos umas poucas passagens da Escritura. Isaías 59:6. Que capítulo antecede o 59? [Congregação: "O 58".] Onde o capítulo 58 se aplica? [Congregação: "Exatamente agora."] Bem, então o capítulo 59 se aplica há 700 anos antes de CRISTO, ou agora? [Congregação: "Se aplica para agora."]

"As suas teias não prestam para vestes, nem se poderão cobrir com as suas obras; e as suas obras são obras de iniquidade; e obra de violência há nas suas mãos."

Então, o que aquele povo estava tentando fazer? Que estava aquele povo tentando fazer com suas obras? [Congregação: "Cobrir-se com suas obras."] Quando DEUS diz, "eles não se cobrirão com suas obras", isso mos­tra que estavam tentando cobrir-se com suas obras. Ora, diz DEUS a verdade? [Congregação: "Sim."] Então quando JESUS diz a vós e a mim que estamos tentando nos cobrir com nossas obras, então não diz DEUS que realmente temos estado - seja o que for que professamos - confiando na justiça ou na justificação pelas obras? [Congregação: "Sim."] Então, não é isto o que a mensagem laodiceana diz: "Conheço as tuas obras."? E o que nossas obras fizeram para nós? Tornaram-nos miseráveis, desgraçados, pobres, cegos e nus. Que deseja JESUS que tenhamos? "Vestes brancas, para que te possas cobrir, para que a vergonha de tua nudez não apareça."

Qual é nossa condição? Sabeis bem o bastante que nossos esforços para aquilo não realizaram muito. Todos têm tentado fazer seu melhor - sabeis por vós mesmos que foi a coisa mais desencorajadora que jamais ten­tastes fazer neste mundo. Sabeis que realmente sentastes e chorastes porque não pudestes fazer bem o bastante para arriscar-vos a ir a julgamento. [Voz: "Não pudemos fazer bem o suficiente para satisfazer-nos."] Não; nós mesmos éramos capazes de ver nossa nudez quanto tentamos nosso melhor para cobrir-nos. Sabeis que isto é as­sim. Agora, irmãos, o SENHOR disse assim, não disse? [Congregação: "Sim, senhor."] Não é tempo de dizer­mos, "SENHOR, é isto mesmo?" Cito: "Não se cobrirão com suas obras; suas obras são obras de iniquidade, e o ato de violência está em suas mãos."

Ora, o SENHOR quer que sejamos cobertos; Ele deseja que sejamos cobertos para que a vergonha de nossa nudez não apareça. Ele quer que tenhamos Sua perfeita justiça de acordo com Sua própria idéia perfeita de justiça. Ele quer que tenhamos aquele caráter que suportará o teste do julgamento sem um impedimento, ou uma questão, ou uma dúvida. Aceitemo-lo da parte Dele como um dom gratuito abençoado que é.



Agora, irmãos, na próxima lição, meu pensamento é agora que entraremos diretamente sem rodeios na Escritura, exatamente o que ela diz para vós e a mim, quando como podemos ter a JESUS CRISTO e toda Sua justiça e tudo o que Ele tem, sem uma partícula de desconto. Que dizeis? [Congregação: "Amém."]



©livred.info 2017
enviar mensagem

    Página principal