A dinâmica da fé na fronteira sangrenta



Baixar 34,21 Kb.
Encontro22.08.2018
Tamanho34,21 Kb.



a dinâmica da fé na fronteira sangrenta

I Sm 17


1 ¶ Os filisteus se reuniram para lutar em Socó, uma cidade de Judá. Acamparam num lugar chamado Fronteira Sangrenta, entre Socó e Azeca.

2 Saul e os israelitas se juntaram, acamparam no vale do Carvalho e se prepararam para lutar contra os filisteus.

3 Os filisteus pararam no monte que ficava de um lado do vale, e os israelitas ficaram no monte do outro lado.

4 Um homem chamado Golias, da cidade de Gate, saiu do acampamento filisteu para desafiar os israelitas. Ele tinha quase três metros de altura

5 e usava um capacete de bronze e uma armadura também de bronze, que pesava uns sessenta quilos.

6 As pernas estavam protegidas por caneleiras de bronze, e ele carregava nos ombros um dardo, também de bronze.

7 A lança dele era enorme, muito grossa e pesada; a ponta era de ferro e pesava mais ou menos sete quilos. Na frente dele ia um soldado carregando o seu escudo.

8 Golias veio, parou e gritou para os israelitas: -Por que é que vocês estão aí, em posição de combate? Eu sou filisteu, e vocês são escravos de Saul! Escolham um dos seus homens para lutar comigo.

9 Se ele vencer e me matar, nós seremos escravos de vocês; mas, se eu vencer e matá-lo, vocês serão nossos escravos.

10 Eu desafio agora o exército israelita. Mandem alguém para lutar comigo!

11 Quando Saul e os seus soldados ouviram isso, ficaram apavorados.

introdução


  1. O nome do lugar pode nos ajudar a entender o tipo de conflito que estava para acontecer . “Fronteira sangrenta”

  2. A descrição do valente opositor pode ajudar a entender que o lugar não somente era de lembranças terríveis mas que o momento também era terrível.

  3. Quando olho para este texto penso nas fronteiras sangrentas que nós temos que enfrentar .

    1. Aqueles vales profundos e desesperadores.

    2. Lugares e situações que nunca gostaríamos de conhecer.

  4. E vem a minha mente a pergunta : Como viver a dinâmica da fé neste campo de batalha ?

  5. Gostaria de aprender com Davi a usar os recursos da fé para enfrentar o campo sangrento das minhas batalhas .

  6. Andar pela fé na na fronteira sangrenta é :

i é discernir espiritualmente as nossas batalhas


45 Davi respondeu: -Você vem contra mim com espada, lança e dardo. Mas eu vou contra você em nome do Deus Todo-Poderoso, o Deus dos exércitos israelitas, que você desafiou.

  1. Nas palavras de Davi encontramos um certo tom de indignação para com o gigante.

  2. esta indignação vinha de um discernimento espiritual aguçado .

  3. Aquela não era a batalha entre dois exércitos

  4. Muito menos entre dois homens .

  5. Toda aquela circunstância era uma verdadeira batalha espiritual.

  6. Muitos de nós estamos a perder muitas das nossas batalhas nos campos sangrentos por não entendermos que elas se travam no âmbito espiritual .

    1. Situações familiares

    2. Mal entendidos que nos separam de pessoas

    3. Grandes obstáculos que nos impedem de servir a Deus .

  7. Por não discernirmos estamos sempre procurando a espada melhor ou lança maior , mas o que de fato precisamos é discernir a batalha e usar a arma que o Senhor já colocou a nossa disposição  A nossa fé

I Jo 5.4

4 porque todo o que é nascido de Deus vence o mundo; e esta é a vitória que vence o mundo: a nossa fé.

  1. Você consegue perceber que muitas das suas batalhas precisasm ser travadas no âmbito espiritual ?

  2. Mas o que isto significa na prática ?

  3. Precisamos aprender a incluir uma vriável nova na equação da vida  Deus

  4. Quando estamos caminhando apenas com os recursos que são provenientes da nossa visão humana de vida, calculamos tudo da perspectiva humana e isto nos leva ao desencorajamento  É impossível ganhar deste homem em uma luta justa.  Nosso exército só poderá, quando muito manter posição, avançar é impossível .

  5. Mas quando caminhamos por fé , discernindo espiritualmente as nossas batalhas, Deus é incluído como a variável preponderante de nossa equação e certamente mudará o resultado.

  6. Ilustração  Albert Einstein  A física Newtoniana e a Teoria da relatividade .

  7. O meu convite hoje é entenda que a sua verdadeira batalha e´espiritual , por isso deixe Deus entrar consigo nela .

  8. Quando Deus entra no campo sangrento não importa o tamanho do gigante o que importa é qual é o tamanho do meu Deus

ii é encontrar coragem para a luta naquilo que deus já fez por nós


28 Eliabe, o irmão mais velho de Davi, ouviu-o conversando com os soldados. Então ficou zangado e disse: -O que é que você está fazendo aqui? Quem é que está tomando conta das suas ovelhas no deserto? Seu convencido! Você veio aqui só para ver a batalha!
29 -O que foi que eu fiz agora? -perguntou Davi. -Será que não posso nem fazer uma pergunta?

30 Então Davi fez a mesma pergunta a outro soldado. E ouviu a mesma resposta.

31 ¶ Alguns soldados ouviram o que Davi tinha dito e contaram a Saul. Então ele mandou chamar Davi.

32 Davi chegou e disse a Saul: -Meu senhor, ninguém deve ficar com medo desse filisteu! Eu vou lutar contra ele.

33 Mas Saul respondeu: -Você não pode lutar contra esse filisteu. Você não passa de um rapazinho, e ele tem sido soldado a vida inteira!

34 -Meu senhor, -disse Davi-eu tomo conta das ovelhas do meu pai. Quando um leão ou um urso carrega uma ovelha,

35 eu vou atrás dele, ataco e tomo a ovelha. Se o leão ou o urso me ataca, eu o agarro pelo pescoço e o golpeio até matá-lo.

36 Tenho matado leões e ursos e vou fazer o mesmo com esse filisteu pagão, que desafiou o exército do Deus vivo.

  1. Quando lei este texto , fica claro para mim que Davi prontamente foi capaz de discernir que esta era uma batalha espiritual .

  2. Mas mesmo depois dele dar a entender isto, quantas foram as tentativas de desencoraja-lo a entrar naquela batalha pela fé

    1. O primeiro desencorajamento veio de casa  Seus 3 irmãos mais velhos viam a posição de Davi como insensatez juvenil.

    2. O Segundo veio do rei  Você é um menino e ele um guerreiro .

    3. O terceiro veio do Gigante  Você é menino bonitinho e não um guerreiro.

42 Golias olhou bem para ele e começou a caçoar porque Davi não passava de um rapaz bonito e de boa aparência.

  1. Se ele dependesse do encorajamento das pessoas a seu redor ele nunca usaria a fé como arma e nem , tão pouco lutaria aquela batalha, como os outros, ele continuaria fugindo .

    1. Você já percebeu , quantos de nós fugimos dos nossos campos sangrentos, e não percebemos que estamos fugindo da vida , e sofrendo ?

    2. Não podemos evitar estes vales, ou fazer de conta que eles nunca virão sobre nós .

    3. Precisamos encontrar forças para vence-los

      1. Um problema familiar

      2. Um relacionamento quebrado

      3. Uma dor guardada no coração

      4. Uma enfermidade

      5. Um medo

      6. Uma decisão

  2. Mas onde encontramos tais forças ?

  3. Naquilo que já vivemos com Deus !  O leão e o urso

  4. Com Deus eu enfrento qualquer fera, até este gigante .

»SALMOS [18]

1 Eu te amo, ó Senhor, força minha.

2 O Senhor é a minha rocha, a minha fortaleza e o meu libertador; o meu Deus, o meu rochedo, em quem me refúgio; o meu escudo, a força da minha salvação, e o meu alto refúgio.

3 Invoco o Senhor, que é digno de louvor, e sou salvo dos meus inimigos.

32 Ele é o Deus que me cinge de força e torna perfeito o meu caminho;

33 faz os meus pés como os das corças, e me coloca em segurança nos meus lugares altos.

34 Adestra as minhas mãos para a peleja, de sorte que os meus braços vergam um arco de bronze.

  1. Não busque forças, ou encorajamento em quem não pode lhe dar. Olhe para cima. Olhe para o Senhor .

  2. Lembre tudo o que ele já fez por você

  3. Creia que ele fará .

III É crer que deus pode abrir caminhos novos


38 Então deu a sua própria armadura para Davi usar. Pôs um capacete de bronze na cabeça dele e lhe deu uma couraça para vestir.

39 Davi prendeu a espada de Saul num cinto sobre a armadura e tentou andar. Mas não conseguiu porque não estava acostumado a usar essas coisas. Aí disse a Saul: -Não consigo andar com tudo isto, pois não estou acostumado. Então Davi tirou tudo.

40 ¶ Pegou o seu bordão de pastor, escolheu cinco pedras lisas no ribeirão e pôs na sua sacola. Pegou também a sua funda e saiu para enfrentar Golias.

  1. Você pode imaginar o sentimento dos Generais que ajudaram a Davi ficar em pé com a armadura do rei ?

  2. Será que ele sabia manejar bem a espada ? Creio que não !

  3. E a lança ? Menos ainda ?

  4. Escudo ? Parecia maior do que ele !

  5. Segundo os caminhos antigos , Davi e Israel estavam perdidos .

  6. Mas Andar pela fé é saber que Deus pode abrir caminhos novos, mudar paradigmas, fazer milagres .

  7. Por isso ele se sentia segura com a funda e um pedaço de pau . Pois a sua arma era o poder do Deus vivo .

  8. Ilustrações  Sabe porque Faraó os deixou ir ? O seu referencial eram os caminhos antigos  OU morreriam de fome e sede no deserto ou destruídos pelo exército. Mas, como ele imaginar , manáh, água da rocha , e o mar vermelho como arma de guerra.

  9. Nem o gigante !

  10. Não importa o que você tenha na mão. Um pouco de farinha na panela, azeite na botija, uma funda ou um pedaço de pau , ou mesmo as vozes do seu povo para derrubar muralhas.

  11. O que importa é que ele lute conosco .

  12. Ele é especialistas em abrir caminhos novos.

  13. Por isso ele nos ensinou que só chegamos ao pai se Jesus for o nosso caminho.

  14. Você precisa de um milagre olhe para Jesus .

  15. descobriremos que o método de Deus é transformar fraqueza em poder

  16. Coloque a sua fraqueza nas mãos do todo poderoso, ele a transformará em poder.

Iv É saber que toda a vitória tem propósito , a glória de deus


41 Golias, o filisteu, começou a caminhar na direção de Davi. O ajudante que carregava as suas armas ia na frente. Quando chegou perto de Davi,

43 Aí disse a Davi: -Para que é esse bordão? Você pensa que eu sou algum cachorro? Em seguida rogou a maldição dos seus deuses sobre Davi

44 e o desafiou, dizendo: -Venha, que eu darei o seu corpo para as aves e os animais comerem.

45 Davi respondeu: -Você vem contra mim com espada, lança e dardo. Mas eu vou contra você em nome do Deus Todo-Poderoso, o Deus dos exércitos israelitas, que você desafiou.

46 Hoje mesmo o Deus Eterno entregará você nas minhas mãos; eu o vencerei e cortarei a sua cabeça. E darei os corpos dos soldados filisteus para as aves e os animais comerem. Então o mundo inteiro saberá que o povo de Israel tem um Deus,

47 e todos aqui verão que ele não precisa de espadas ou de lanças para salvar o seu povo. Ele é vitorioso na batalha e entregará todos vocês nas nossas mãos.

  1. Mas a vitória que Deus nos dá tem um objetivo:  Que toda a terra saiba que há um Deus neste lugar.

  2. Os impossíveis de Deus são um testemunho da sua glória.

  3. A experiência dos atletas de Cristo na copa de 94  Deus entrará nesta competição somente se for para a sua glória .

  4. Você quer que Deus entre na sua batalha ? Então permita que a sua vida seja para a sua glória .

v é saber que nada é nosso e que até as relíquias da fé devem ser reconsagradas ao senhor .


54 Davi pegou a cabeça de Golias e a levou para Jerusalém. Porém as armas de Golias ele guardou na sua própria barraca.

I Sm 21.9 Respondeu o sacerdote: A espada de Golias, o filisteu, a quem tu feriste no vale de Elá, está aqui envolta num pano, detrás do éfode;

  1. Davi levou para a sua barraca a espada do gigante . Era uma espécie de troféu da disputa .

  2. Mas ele mesmo percebeu que não poderia mantê-la. Por isso ele a dedicou ao Senhor e ficou sendo guardada no santuário como um memorial não da vitória de Davi, mas da vitória do Senhor .

  3. O nosso desafio de consagrar até as relíquias da nossa fé para que possamos andar sem qualquer obstáculo com o Senhor .

  4. O perigo do orgulho e da idolatria .

  5. O trabalho de Josias de destruir a serpente de bronze.

conclusão


A dinâmica da fé na fronteira sangrenta é :

  1. É discernir espiritualmente as nossas batalhas

  2. É encontrar coragem para a luta naquilo que Deus já fez por nós .

  3. É crer que Deus pode abrir caminhos novos

  4. É saber que toda a vitória tem um propósito  A glória de Deus .

  5. É entender que nada é nosso, nem as relíquias da nossa fé .

  6. Você Não quer experimentar a dinâmica da fé no meio do seu vale ?

Paschoal Piragine Jr. Página 21/08/2018




©livred.info 2017
enviar mensagem

    Página principal