5ª copa karandá fm de futebol de campo amador 2004



Baixar 43,58 Kb.
Encontro26.11.2017
Tamanho43,58 Kb.

Prefeitura Municipal de Naviraí

Gerencia de Esporte e Lazer

16ª COPA KARANDA FM DE FUTEBOL DE CAMPO AMADOR

ABERTO

REGULAMENTO



CAPÍTULO I

DAS FINALIDADES


Artigo 1º - A 16ª Copa Karanda FM Amador de Futebol de Campo, será organizada e dirigida pela Prefeitura Municipal de Naviraí, Através da Gerencia de Esporte e Lazer. Tendo como objetivo principal, oferecer atividades de lazer aos atletas e aumentar o intercâmbio entre os munícipes de diversos bairros da cidade e de outros Municípios buscando o entrelaçamento e novas amizades, através do Esporte.

CAPÍTULO II


DA COMISSÃO ORGANIZADORA

Artigo 2º - A constituição da 16ª Copa Karanda FM Amador de Futebol de Campo, ficará a cargo da GEREL e terá as seguintes atribuições:

I – Elaborar, cumprir e fazer cumprir o presente regulamento;

II – Proporcionar as devidas condições para que a parte técnica se desenvolva da melhor maneira possível;

III - Fazer os sorteios dos grupos, confeccionar a tabela, programar as rodadas, adiá-las, ou proceder mudanças quando assim entender necessárias.

IV – Não serão reconhecidos pela C.O. acordos entre equipes, para adiar, transferir, antecipar jogos, horários e locais programados pela tabela.

CAPÍTULO III

DA JUSTIÇA DESPORTIVA
Artigo 3º - Durante a realização da 16ª Copa Karanda FM Amador de Futebol de Campo, serão instituídas duas comissões disciplinares:

Primeira – Comissão Julgadora (CJ), composta por (15) quinze pessoas convidadas pela GEREL, sendo que para cada julgamento será convocada no mínimo 5 pessoas nomeadas pela GEREL;

Segunda – Comissão Julgadora Superior (SJS) composta pela Assessoria Jurídica da Prefeitura Municipal de Naviraí e por mais duas pessoas convidadas.

Parágrafo Único – Os recursos e relatórios serão entregues na C.O. os quais serão imediatamente entregues ao CJ incumbida de apreciar e julgar os fatos e infrações que ocorrerem durante a competição, devendo o seu funcionamento obedecer as normas e dispositivos deste regulamento e pelo Código Brasileiro de Justiça Desportiva.



Artigo 4º - As reuniões Ordinárias da Comissão Julgadora serão realizadas de acordo com a necessidade de julgamento, exceto aos feriados, dias santo de guarda ou quando nada houver para ser apreciado.

Parágrafo Único - Poderão ocorrer reuniões extraordinárias, quando assim entender o Presidente da CJ.



CAPÍTULO IV


DAS PENALIDADES


Artigo 5º - Durante o evento, o atleta punido com o cartão vermelho, estará automaticamente suspenso da partida subsequente de sua agremiação.

Parágrafo Único – Caso sua expulsão se dê por razões anotadas pelo árbitro ou representante da partida, será o atleta julgado pela Comissão Julgadora e a ela caberá aplicar as penalidades a serem impostas ao infrator.



Artigo 6º - O atleta que for advertido três (03) vezes com o cartão amarelo estará automaticamente suspenso da partida subsequente do seu clube.

Artigo 7º - O atleta, técnico ou dirigente que estiver cumprindo pena suspensão, não poderá permanecer no campo de jogo, devendo permanecer fora do alambrado e do lado contrario do seu banco de reserva, caso não obedeça caberá punição a este atleta ou dirigente.

Parágrafo Único: inclui-se neste Artigo a suspensão automática, para os atletas.



Artigo 8º - O atleta que estiver com um ou dois cartões amarelos no final da primeira fase os mesmos não serão zerados, em caso de suspensão por 3 amarelos e vermelhos o atleta deverá cumprir 2 partidas, uma pelos 3 amarelos e uma pelo vermelho.

Artigo 9º - O atleta que receber (01) um cartão amarelo e (01) cartão vermelho no mesmo jogo será computado para efeito cumulativo apenas o cartão vermelho.

Artigo 10º - A cada cartão amarelo recebido, o atleta será punido com (01) um pacote de alimento não perecível de 1 kg não podendo ser oleo.

Artigo 11º - A cada cartão vermelho recebido, o atleta será punido com (01) um pacote de alimento não perecível de 5kg.

§ 1º - Os alimentos serão entregues na sede da GEREL ou a mesaria antes de seu jogo ou ate antes do final de sua partida, caso não seja entregue estará irregular para jogar e caso jogue sua equipe perdera os pontos caso vença a partida, e também ficara suspenso a partida seguinte.

§ 2º - O atleta só terá condições de jogo após fazer a entrega dos alimentos na GEREL ou antes de seu seguinte.

§ 3º - Os alimentos arrecadados com os cartões serão distribuídos para as entidade de nossa cidade.

§ 4º - O atleta reincidente no cartão vermelho será punido em dobro.

Artigo 12º - Poderá participar desta competição qualquer ( o estado de saúde do atleta é de inteira responsabilidade da equipe e do responsável da equipe ) atleta sendo ele profissional ou não, nesta competição não será limitado o numero de atletas profissionais.

Parágrafo Único: a equipe que se sentir prejudicada, deverá entrar com o recurso junto a Comissão Organizadora até ás 17:00 horas do primeiro dia útil após a realização da partida com um cheque calção de 500 reais, sendo procedente o recurso será devolvido o cheque para o mesmo, caso seja improcedente o recurso o cheque será doado para alguma instituição filantrópica de Navirai escolhida pelo dona da equipe que perdeu o recurso.



Artigo 13º - Durante o transcorrer da competição se algumas das equipes participantes suspeitar de irregularidade de algum dos atletas inscritos, a mesma terá o direito de entrar com recurso perante a C.O. solicitando os documentos originais do referido atleta.

§ 1º - Comprovada qualquer irregularidade contra o atleta, a equipe que utilizou o atleta perderá os pontos da partida para a equipe que impetrou o recurso, podendo o referido atleta ser até eliminado da competição, após ser submetido a julgamento pela Comissão Julgadora.

§ 2º - A Gerel, comprovando a irregularidade, a que se refere este artigo, comunicará imediatamente por escrito a Comissão Julgadora, não havendo a necessidade de uma equipe participante no evento entrar com recurso.

Artigo 14º - A confirmação do atleta pela equipe ocorrerá somente após sua assinatura na ficha de inscrição ou o mesmo ser numerado na sumula de jogo, mesmo que o atleta não tenha participado do jogo. OBS.na ficha de inscrição só vale a assinatura feita pelo atleta.

§ 1º - a equipe poderá inscrever o atleta até completar a quantidade de (30) trinta atletas até antes do inicio de sua semi-final do campeonato caso a referida equipe tenha vaga.

Artigo 15º - Após a confirmação do atleta na ficha de inscrição pela equipe, nenhum atleta, poderá ser substituído e nem recambiado de uma equipe para outra, no caso de ter assinado por 2 equipes e não tenha jogado ainda, havendo um acordo entre dirigentes e técnicos o atleta com a autorização por escrito de um dos dirigentes poderá jogar, caso não haja acordo entre as duas equipes o atleta será eliminado da competição e as equipes terão a vaga para substituir.

Artigo 16º - A documentação dos atletas será de inteira responsabilidade das referidas equipes, sendo elas responsáveis pela autenticidade de toda a documentação, e obrigatória a apresentação do documento com foto em todos os jogos do atleta, não apresentando o documento ate o final da partida a equipe caso vença o jogo e o atleta tenham entrado em campo perdera os pontos, o atleta não poderá entrar em campo sem apresentar documento com foto que tenha fé publica.

Artigo 17º É de inteira responsabilidade do clube o controle dos cartões (amarelo ou vermelho), atletas inscritos evitando dessa forma, futuros problemas junto a Comissão Julgadora do Campeonato.

CAPÍTULO V


DAS AGREMIAÇÕES

Artigo 18º - Cada equipe poderá inscrever no máximo (30) trinta atletas, SENDO QUE SEU TECNICO TERA QUE PORTAR O CREF( REGISTRO PROFICIONAL DE PROFESSOR DE EDUCAÇÃO FISICA).

Artigo 19º - A substituição de um atleta não poderá acontecer em hipótese nenhuma.

Artigo 20º - Cada equipe deverá apresentar a mesa uma bola em condições de jogo.

Artigo 21º - Haverá uma tolerância de 15 minutos para o início do jogo pelo horário da tabela, depois de 2 minutos sendo 17 minutos a equipe pagara uma multa de 20 reais ( que o valor total destas multas serão doados para alguma instituição de caridade, a partir do minuto 19 a equipe será decretada por W.O mesmo que a mesma já esteja no vetiario.

Parágrafo Único: a equipe que for considerada perdedora por WxO (derrota por não comparecimento), já estará automaticamente eliminada da competição e todas as equipe marcarão os 3 pontos, mesmos se alguma equipe tiver ganho por saldo de mais de 1 gol, será valido apenas o placar de 1x0 referente ao W.O, se a equipe não tiver jogado será o placar do W.O, o atleta que não justificar sua ausência na partida ( caso aconteça o W.O ) será suspenso por 3 meses de todos os eventos da GEREL, a punição começara quando for realizado o 1º evento da gerencia, sendo que esta justificativa devera ser feita por escrito e entregue ate minutos antes de seu jogo, os gols serão computados para artilharia, os gols sofridos não.



Artigo 22º - O número mínimo de atleta para começar e para dar prosseguimento em uma partida será de (07) sete atletas.

Artigo 23º - Nenhuma partida deixará de ser realizada por falta de árbitro ou mesário, pois, qualquer membro da C.O. juntamente com os (02) dois capitães das equipes escolherá árbitros e mesários dentre os espectadores presentes no local dos jogos e a rodada terá seu prosseguimento normal.

Artigo 24º - Uma partida ou rodada somente será transferida se:

I - for constatado mal tempo;

II – falta de luminosidade;

III – falta de garantia comprovada;

IV – acidente grave ou falecimento.

Parágrafo Único: somente o trio de arbitragem da partida e a GEREL pode transferir a mesma com base nos itens I, II e III.



Artigo 25º - O atleta, técnico ou dirigente que por ventura vir a agredir moral ou fisicamente os árbitros, auxiliares e Membros da C.O. será suspenso preventivamente 60 dias agressão e 30 verbal e moral e julgado pela Comissão Julgadora da competição.

Artigo 26º - O atleta, técnico, dirigente que entrar em luta corporal contra seus adversários ou companheiros no campo de jogo será suspenso preventivamente por 60 dias da competição e será julgado pela C.J, o atleta que estiver como torcedor e estiver insultando organizadores, arbitragem, atletas poderá sofrer punição.



Artigo 27º - A eventual troca de uniforme se as cores forem semelhantes, deverá ser feita pela equipe que se encontra do lado esquerdo da tabela, a qual terá um prazo de (20) vinte minutos para proceder a troca de uniforme, após este prazo o árbitro decretará o WO.

Artigo 28º - A equipe que estiver em vantagem no placar e por ventura vir a ficar com o número insuficiente de jogadores em campo, será declarada perdedora pelo placar de 1x0, sendo os gols que foram assinalados, computados, tanto para efeito de gols pró como para efeito da artilharia da competição.

Artigo 29º - As possíveis mudanças dos horários, datas e locais dos jogos, será comunicado aos responsáveis pelas equipes, através de contato telefônico e comunicação escrita pela GEREL, o valor da inscrição é 800 reais, o pagamento da inscrição deve ser feita ate o dia 17/10/2016 no caso de prefeitura a nota deve ser empenhada ate este dia e apresentada para GEREL, terá uma tolerância para pagamento ate dia 21/10/2016 mais com multa de 200 reais sendo assim a inscrição será 1000 reais, caso não haja o pagamento a equipe será eliminada, sendo que haverá a substituição por outra equipe.

Artigo 30º - A Comissão Organizadora não aceitará liberação de transferência de atletas cuja equipe já esteja eliminada da competição.

Artigo 31º - A sumula do representante da partida e o relatório do árbitro são os únicos documentos considerados oficiais pela GEREL.


CAPITULO VI

DAS DISPUTAS


Artigo 32º - A contagem de pontos obedecerá aos seguintes critérios:

Vitória – 03 pontos;

Empate – 01 ponto;

Derrota – 00 pontos.



Artigo 33º - Em caso de empate na pontuação entre duas equipes, será usado os seguintes critérios para desempate:

I – Confronte direto na fase:

II - Maior número de vitórias em toda a competição;

III – Saldo de gols em toda a competição;

IV – Menor número de gols sofrido em toda a competição;

V – Maior número de gols marcados em toda a competição;

VI – Menor número de derrotas em toda a competição;

VII – Menor número de cartões vermelhos em toda a competição;

VIII – Menor número de cartões amarelos em toda a competição;

IX - Sorteio.

§ 1º Em caso de empate entre três ou mais equipes o primeiro critério de desempate não será utilizado, quando se encontrar o 1º classificado ou o 1º eliminado o critério de desempate volta no inicio para as duas equipes em disputas ( confronto direto ), e segue ate se ter outro classificado.

Artigo 34º - A 16ª Copa Karanda FM de Futebol de Campo será disputada entre (12) equipes, divididas em 3 chaves de 4 equipes, jogando dentro da chave as 2 melhores classificadas de cada chave e os 2 melhores 3º lugar irão para as quartas de finais, os confrontos serão por uma classificação Geral, Q1:1º colocado Geral x 8º colocado geral, Q2:2º colocado geral x 7º colocado geral, Q3:3º classificado geral x 6º classificado geral, Q4:4º classificado geral x 5º classificado geral, as semi finais serão, S1: vencedor Q1 X vencedor Q3 e S2: vencedor Q2 X vencedor Q4, disputa do terceiro lugar perdedor S1 X perdedor S2 e a grande final Ganhador S1 X Ganhador S2.

§ 1º - Na fase quartas, semifinal e final se uma partida terminar empatada no seu tempo normal, serão cobrados uma série de (05) penalidades, persistindo o empate serão cobrados penalidades alternadas até que uma das equipes torne-se vencedora.
Artigo 35º - O tempo das partidas da competição terá a duração de ( 90) noventa minutos corridos , divididos em (02) dois tempos de (45) quarenta e cinco minutos cada tempo, com intervalo de (10) dez minutos do primeiro para o segundo tempo.


CAPÍTULO VII

DA PREMIAÇÃO

Artigo 36º - Será premiado com troféu e medalhas o 1º, 2º e artilheiro e goleiro menos vazado.

Terá premiação em dinheiro para 1º lugar - 7.000 reais, 2º lugar – 3.000.

O artilheiro 200 reais e trofeu;

A equipe menos vazada (entre as semifinalistas) 200 reais:.



Artigo 37º - A Comissão Organizadora não se responsabilizará pelos danos físicos, morais, mentais e de ordem médica, que por ventura venha a ocorrer durante a competição.

Artigo 38º - A equipe que se sentir prejudicado, por uma razão ou outra ao longo do campeonato, terá o direito de ampla defesa, através de recurso devidamente digitado ou datilografado e assinado pelo presidente, devendo o recurso ser encaminhado a Comissão Organizadora até as 17:00 horas do primeiro dia útil após a realização da partida, mediante um deposito no valor de R$ 500,00 (quinhentos reais) que serão devolvido a equipe impetrante caso a mesma venha a ganhar o recurso.

Parágrafo Único – Sendo improcedente o recurso, a equipe perderá a quantia depositada e o montante será doado para alguma instituição de caridade sendo que o representante da equipe e um funcionário da GEREL farão a entrega para a instituição escolhida pelo dirigente da equipe.



Artigo 39º - As decisões da Comissão Julgadora poderão ser revistas pela Comissão Julgadora Superior, devendo a equipe recorrer por escrito no prazo de (24) vinte quatro horas após o julgamento da Comissão Julgadora.

Artigo 40º - É vedado qualquer equipe ingressar com qualquer recurso direto na Comissão Julgadora Superior sem antes ter sido transitado e Julgado o recurso pela Comissão Julgadora.

Artigo 41º - Cada equipe poderá substituir (07) sete atletas na partida.

Artigo 42º - Os casos omissos serão apreciados e resolvidos pela Comissão Organizadora após o parecer da Comissão Julgadora da competição.

Artigo 43º - Será cobrado taxa de inscrição das equipes no valor de 800 reais que será revertida toda para premiação das equipes.
Artigo 44º - Não haverá descenso.
Artigo 45º - Este Regulamento entrará em vigor a partir de sua aprovação no Congresso Técnico 2016 e revogado ao contrário no 17ª Copa Karanda FM Amador de Futebol de Campo 2017.



©livred.info 2017
enviar mensagem

    Página principal