2012061917385146757.doc [1478 na religião]



Baixar 81,18 Kb.
Encontro06.07.2017
Tamanho81,18 Kb.



EXPOSIÇÃO INAUGURAL | 24 JUNHO

PLATAFORMA DAS ARTES E DA CRIATIVIDADE

Local: Centro Internacional das Artes José de Guimarães (CIAJG)


Exposição: ”Para além da História”

Curadoria: Nuno Faria


A 24 de Junho, data simbólica para a Cidade de Guimarães e para Portugal, inaugura um dos mais esperados projetos da Capital Europeia da Cultura - O Centro Internacional das Artes José de Guimarães (CIAJG), integrado na Plataforma das Artes, situado num local simbólico para todos os vimaranenses, o antigo mercado.

A este edifício, projetado pelo Atelier Pitágoras, dá o nome o artista José de Guimarães, natural da cidade, que aí deposita um numeroso conjunto das mais importantes peças das três coleções que vem constituindo há cinquenta anos - Arte Tribal Africana, Arte Arqueológica Chinesa e Arte Pré-Colombiana (da América Latina) - e obras da autoria do próprio artista.

O CIAJG é uma estrutura dedicada à arte contemporânea e às relações que esta tece com artes de outras épocas e diferentes culturas e disciplinas. "Para Além da História", exposição inaugural do Centro e que estabelece o seu âmbito programático, faz dialogar, em organização temática, as três coleções reunidas por José de Guimarães, obras da autoria do artista, obras de outros artistas contemporâneos e objetos do património popular, religioso e arqueológico da região.

Assim, poderemos apreciar, lado-a-lado com peças de arte contemporânea e objetos oriundos de outras culturas e de outras épocas, um variado conjunto de obras e de objetos cedidos por diferentes instituições da cidade, desde a Sociedade Martins Sarmento até ao Museu Alberto Sampaio, não esquecendo as Marchas Gualterianas, a Colegiada, a Irmandade de São Franscisco, o Museu de São Torcato e o Museu Agrícola de Fermentões.

   


Em suma, o CIAJG funcionará como um Atlas, aproximando e articulando objetos, imagens e ideias de culturas de lugares muito distantes entre si, sob o signo da interrogação e da celebração.



©livred.info 2017
enviar mensagem

    Página principal