1 Karjakin Nikolic [C92]



Baixar 25,67 Kb.
Encontro27.09.2018
Tamanho25,67 Kb.


(1) Karjakin - Nikolic [C92]

Amsterdam, 2007



[Disconzi,Rodrigo]
Esta partida foi joagada no match Jovens Estrelas x Veteranos do Xadrez Mundial. Mas é incrível ver como os jovens já são bastante experientes?!
1.e4 e5 2.Cf3 Cc6 3.Bb5

Não é fácil convencer os iniciantes que a Espanhola é melhor que a Italiana e suas derivações...Não estaria o bispo melhor posicionado em c4, atacando o rei preto? O Bb5 da Espanhola ataca o Cc6 que defende Pe5, mas na prática as brancas conseguem ganhar este peão e5 ? (quase nunca)... Após estudar algumas partidas, fica transparente que na maioria das vezes as pretas conseguem jogar d5 contra o posicionamento do Bc4, com ganho de tempo, conseguindo a igualdade. Outra peculiaridade da Espanhola, é que as pretas muitas vezes acabam jogando b5 para ganhar espaço. Nestes casos, surge a possibilidade de contato com o Pa4 x Pb5, dando chance à Ta1 de entrar em jogo. Notadamente, nas partidas da italiana ou Giuoco piano, as torres de ambos os lados sofrem para jogar...


3...a6 4.Ba4 Cf6 5.0–0 Be7 6.Te1

Diferentemente da Italianas com d3, na Espanhola brancas usam este lance para defender o Pe4 na esperança de agredir com d4, preferencialmente apoiado por c3 (lance que, por sua vez, cede recuo estável ao Ba4).


6...b5 7.Bb3 d6 8.c3 0–0 9.h3

Antes do impetuoso avanço central, brancas lembram-se que seu bispo de casas brancas não pode mais defender a ala do rei...


9...Te8 Variante Zaitsev (analista da equipe de Karpov)...Pretas pretendem pressionar o Pe4 (Bb7, Te8 e Bf8, seguido de Ca5 ou Cb8-d7), dificultando a manutenção do centro ideal branco.
10.d4 Bb7 Pretas completam o desenvolvimento das peças ligeiras enquanto brancas ainda tem muitas peças na primeira fila...Parece que a Espanhola é ruim para as brancas...mas a compensação surge da flexibilidade do Pc3 e possibilidade de decidir o que fazer com o centro...bloquear com d5, trocar em e5 ou manter a tensão...já que a opção das pretas seria ceder o centro de vez com exd4 cxd4....
11.a4 Mesmo com pouco desenvolvimento, brancas movem mais um peão! Vale a pena lembrar que peça desenvolvida nao é peça simplesmente "mexida' , mas sim peça que cumpre alguma "função" na posição... Com o cavalo branco ainda em b1, brancas tem esperanças de pressionar o Pb5 com Ca3 e De2, se possível... [11.Cbd2 seria bastante normal....iniciando a manobra espanhola Cd2-f1–g3 ou e3. Nota-se que na Espanhola o Bc1 é mero espectador por bastante tempo...]
11...Dc8 Uma das fases mais difíceis numa partida é o que fazer logo após terminar o desenvolvimento das peças menores...Geralmente é a hora de buscar formas de ativar as peças pesadas (Dama e Torres), utilizando rupturas de peões e ataques ao rei do adversário... Pretas aqui decidem por ceder a casa d8 ao Cc6 para defender f7. [11...h6 Seria normal...evitando tanto Cg5 como Bg5.; Neste mesmo torneio Karajakin enfrentou 11...Bf8 jogado por Beliavski, mas venceu bem com 12.Bg5! h6 13.Bxf6 Dxf6 14.Bd5! paralisando o jogo preto... 14...Tab8 15.axb5 axb5 16.Ca3 branco algo melhor; Seria típico da Espanhola 11...Ca5 12.Bc2 c5 ganhando mais espaço na ala da dama...]
12.Cg5 parece uma ameaça infantil, mas a idéia é deslocar o Cc6 da ala da dama. [12.Bc2?! exd4 13.cxd4 Cb4!]
12...Cd8 13.Bc2

Com Cd8, pretas não só defenderam f7, como ameaçaram h6 e Cxe4...Esta é uma das idéias da variante Zaitsev, pressionar e4 e obrigar brancas a recuarem o Bb3.



13...Bf8 14.Cd2 Um dos segredos de conduzir a espanhola de brancas parece ser inicialmente não deixar as pretas ultrapassarem certos limites de atividade para depois então fazer valer sua vantagem de espaço e flexibilidade.

14...c6 pretas montam posição de defesa flexível e sólida....

15.b4 ganhando espaço e tentando desestimular o possível lance preto c5, pois trocaria um peão lateral por um peão influente no centro...

15...Ce6 [15...exd4 16.cxd4 c5 17.axb5 axb5 (17...cxb4 18.Cgf3 axb5 19.Txa8 Dxa8 20.d5 Cd7 21.Cd4 branco algo melhor com boas possibilidaes às custas de um peão.) 18.Txa8 Dxa8 19.e5! com ataque...; 15...h6 16.Cgf3 c5 17.axb5 axb5 18.Txa8 Bxa8! 19.d5 branco algo melhor já que as peças pretas estão meio presas....(19.bxc5 exd4 (19...dxc5? 20.Cxe5 branco melhor) 20.Cxd4 Dxc5 complicado) ]

16.Cb3 Cd7 17.Ca5 Cxg5 18.Bxg5 Dc7 19.Cxb7 O Bb7 parecia inútil onde estava, mas possui POTENCIAL após alguma dissolução central. Brancas decidem deixar seu Bc2 sem concorrente.... às vezes não devemos pensar nas Peças que trocamos, mas sim nas que restam sobre o tabuleiro...
19...Dxb7 20.Bb3 Depois de jogar Cxb7, brancas executam um jogo simples, objetivo e maduro...

20...Cb6 21.axb5 axb5 22.Txa8! Após cálculo concreto do mal que as pretas poderiam causar na coluna, brancas decidem que podem suportar...
22...Txa8 A vantagem branca é a de que o par de bispos é eficiente, controlando a casa d8 na luta pela coluna D (que não tem utilidade no momento) e a casa f7, que deve ser o ponto a ser explorado, principalmente ao se abrir a coluna F.
23.dxe5! Brancas não só tentam abrir a posição para os bispos, mas fundamentalmente previnem-se do bloqueio d5 das pretas! [23.f4?! h6 24.Bh4 exf4 25.Tf1 g5; 23.Df3?! exd4 24.cxd4 d5=; 23.Dd3?! exd4 24.Dxd4 (24.cxd4 d5 25.e5 Bxb4 26.Bc2 g6 27.Tb1 Be7 preto algo melhor) 24...Ta3! complicado]
23...dxe5 24.De2! Controla a casa c4 [24.Be3 Cc4!]
24...Be7 25.Be3! nada de trocar...mantendo a dama preta de babá do Cb6...

25...g6 Antecipando Dh5 [25...Ta3 26.Tb1 Cd7 27.Dh5 g6 28.Df3 Cf6 (28...Bf6 29.g4+-) 29.Bc1 Ta6 30.Bg5 branco algo melhor]
26.g3 preparando f4....Brancas optam por enfraquecer as defesas do próprio rei, acreditando em seu ataque. [26.f4 exf4 27.Bxf4 Bf6 28.Df3 Bg7 29.Tf1 Cc4 complicado; 26.Tf1!? Ca4 27.Tc1 Rg7? (27...Cb6!) 28.Df3! Bf8 (28...Bf6 29.Bh6+!+-; 28...f6 29.Dg4 branco melhor) 29.Bg5 branco melhor]
26...Cd7 27.f4 exf4 [manter a tensão não parecia ser melhor... 27...Ta3 28.Db2 Ta6 29.Tf1 branco melhor]
28.gxf4 Pretas agora também devem se preocupar com e5-e6. [28.Bxf4?! Bf6 29.e5 (29.Tf1?! Ta3 30.Db2 Da7+ 31.Rh1 c5 complicado) 29...Te8]
28...Dc7 29.e5 Cf8 30.Tf1 Ta3 31.Db2 Ta6 32.f5!! Ô abre alas, que eu quero passar!! Uma partida de xadrez se ganha com bom lances em algum momento.
32...c5 [seria parecido à partida... 32...Dxe5 33.Df2! (era possível 33.Bd4!? Dg3+ 34.Dg2 Dxg2+ 35.Rxg2 g5 36.Te1 Bd6 37.Te8 Ta3 38.Bd1 e quem tem dificuldades, mesmo com peão a mais, são as pretas...) 33...c5! 34.bxc5!]
33.Df2 Dxe5 34.bxc5! Este é o peão artilheiro...
34...gxf5 [havia que calcular... 34...Dxc3 35.Bxf7+! Rxf7 36.fxg6+ Re8 (36...Rxg6 37.Df7#) 37.Df7+ Rd8 38.Td1+ Cd7 39.Dg8+ Rc7 40.Bf4+ Ce5 41.gxh7 ops...sobrou um peão coroando... 41...Dxc5+ 42.Rh1 Dc6+ 43.Dd5+-]
35.Bd4 Tg6+ 36.Rh1 De4+ 37.Df3 mesmo sem as damas, os ataques a f5 e f7, aliados ao peão passado C desequilibram a partida.
37...Ce6 [37...Dxf3+ 38.Txf3 Tg5 39.c6 Bd6 40.Bb6+-]
38.Dxe4 fxe4 39.c6 Bd6 40.Bb6 Rf8? Último lance do controle de tempo.... [Th6 agora manteriam as pretas na partida, mas nem por isto o jogo branco anterior deve ser desacreditado, pois no xadrez nem sempre achar a verdade das posições é a única forma de vencer... causar diversos e sucessivos incômodos ao adversário pode ser o suficiente para ganhar a partida... 40...Th6! 41.Bxe6 fxe6 42.Rg2 Tg6+ 43.Rf2 Tg7 44.Tb1! (44.Tg1 e3+ 45.Rf1 e2+ 46.Rxe2 Txg1 47.Bxg1 Bc7 48.Bc5 Rf7 49.Rd3 e5=) 44...Tf7+ 45.Re2 Tf3 46.Td1 Be5 47.Tc1 Txh3 48.c7 Bxc7 49.Bxc7 Rf7 50.Ba5 branco melhor]
41.c7+- Bxc7 42.Bxc7 Re7 43.Ba5 1–0 Karjakin,S (2678)-Nikolic,P (2646)/Amsterdam 2007/CBM 120 1–0



©livred.info 2017
enviar mensagem

    Página principal