Á produção/domínio a nível industrial e comercial, a pop com poder económico e mais capacidade de investimento



Baixar 34,11 Kb.
Encontro09.09.2017
Tamanho34,11 Kb.

Hegemonia e declínio da influência europeia.

  • A Supremacia Europeia deve-se á produção/domínio a nível industrial e comercial, a pop. com poder económico e mais capacidade de investimento.

Inglaterra, Alemanha e França eram as principais potências da Europa.

Graças aos progressos da medicina, aconteceu aumento da natalidade. Este teve uma consequência  uma grande percentagem de emigrações.

Os países Europeus ocuparam territórios na Ásia e em África, constituindo vastos impérios, para esta formação, vários fatores contribuíram:



  • Ordem económica – em consequência da 2ºrevolução industrial, as potências europeias precisava de matérias-primas e de mercados.

  • Ordem política e estratégica - as potências precisam de afirmar o seu poder e força militar

  • Ordem Cultural – os países interessados deveriam expandir a sua língua, religião, instituições e cultura dos povos indígenas.

Europa considerava-se capaz de civilizar e de os ensinar.

Imperialismo e colonialismo

Na 2ºmetade do século XIX, os povos da Europa Ocidental interessaram-se por este continente e enviaram exploradores, para o seu interior que era desconhecido.

Portugal enviou : Serpa Pinto, Hermenegildo Capelo e Roberto Ivens.

A conferência de Berlim fixou o principio da ocupação efetiva do território. Portugal desejava construir um império entre Angola e Moçambique. Assim elaboraram o mapa cor-de-rosa e Inglaterra com o seu ultimato exigiu que não houvesse essa ligação.

Em consequência deste movimento expansionista, os povos europeus, construíram vastos impérios em África, Ásia e Oceânia.


  • O império Britânico – ocupou cerca de ¼ do planeta

  • O império francês – domínios na África (norte e central)

Guerra mundial

Europa dominava o Mundo, devido á sua superioridade, assim desenvolveu perigosas rivalidades:



  • Inglaterra e Alemanha – a indústria inglesa sofria a concorrência dos produtos alemães nos mercados internacionais, a Alemanha, por sua vez, tem a necessidade de colónias para obter matérias-primas e mercados.

  • Entre a França e a Alemanha – a França desejava recuperar a Alsácia e a Lorena.

  • Entre Rússia e Império austro-húngaro - ambos os estados procuravam impor a região a sua influência politica na região dos Balcãs.

Estas rivalidades provocaram uma corrida a armamento. Tiveram a necessidade de criar alianças entre si e assim foi:



  • Tríplice Aliança – Alemanha, Império Austro-húngaro e Itália * (esta mudou de campo em 1915)

  • Tríplice Entente - França, Rússia e Inglaterra.

Em caso um conflito estalasse entre dois países, logo os dois tinham de prestar apoio militar ao seu aliando.

28 de junho - assassinato em Sarajevo de Francisco Fernando (herdeiro do trono do Império Austro-húngaro), por organização servia. Assim, o mecanismo das alianças fez o resto.

Austro-húngara declarou guerra à servia
Rússia mobilizou as tropas
Alemanha declarou guerra à Rússia, França e Inglaterra
Japão declarou guerra á Alemanha.

Assim começou a 1º guerra mundial!



Fases da guerra:

Começou agosto de 1914

Alemanha tinha o plano militar estabelecido (o plano Schlieffen) – consistia em conter, a leste, o exército russo e atacar a França através da Bélgica

1º Fase (guerra dos movimentos devido à posição assumida pelos exércitos em confronto.)

2ºfase (guerra das trincheiras  tropas estabeleceram-se ao longo de Km, com ataques surpresas)

Condições : inseguro para se viver, devido ao resultado dos ataques e condições de vida terríveis ( falta de alimento, frio e constante cheiro de mortos).



Alteração das forças em conforto.

A Alemanha, com a intenção da Inglaterra render se decretou um bloqueio marítimo para este não ter importações de armazenamento. Desde aí os E.U.A. foram chamados ao assunto pois os barcos que apoiavam a Inglaterra e a França passaram a ser atacados por submarinos alemães. Em consequência o presidente Wilson declarou guerra á Alemanha.

Março de 1917 a Rússia fez um tratado com a Alemanha (Brest-Litovsk) assim assassinaram a paz.

Os alemães uma vez libertos da frente oriental lançaram se para o Norte de França a guerra dos movimentos.

Os alemães assinaram o Tratado de Versalhes, através do qual foram obrigados : a renunciar sobre as colónias, a abolir o serviço militar, não possuindo aviação nem força naval e eram responsáveis por pagar as indemnizações, que significa perdas dos países.

O mapa politico alterou se (alguns países modificaram as suas fronteiras e também deu origem a outros) e foi criado a Sociedade das Nações.



Uma Europa destroçada

A Europa com consequência da 1ºguerra mundial ficou profundamente devastada e endividada:



  • Elevadas perdas humanas – de mortos/inválidos (principalmente na Alemanha e não Rússia). As epidemias também mataram mais de um milhão de pessoas. Deste modo então houve um declínio da natalidade e da mão de obra (drasticamente).

  • Pesadas perdas de matérias – nos principais locais onde a guerra aconteceu ficaram arrasados. Perderam a sua frota mercante. Com isto os preços subiram, a divida pública aumentou, os mercados desvalorizaram se aumento do desemprego e da agitação social.

Para alem disso no final da 1ºguerra mundial, a Europa perdeu, em beneficio dos E.U.A. a hegemonia económica e politica que tinha no mundo.

A afirmação dos estados unidos da América – o modelo americano

Os E.U.A. entre 1922 e 1929 encontravam se em pleno bem-estar:



  • Evolução no desenvolvimento da produção industrial

Este desenvolvimento económico deve se principalmente a:

  • Riqueza dos pais – abundância de recursos naturais e de capitais (exportações e o embolso à Europa)

  • Adoção de novos métodos e de organizações do trabalho
    - Taylorismo - organização cientifica de produção (feito por Taylor) baseada na divisão do trabalho em tarefas simples e fixas de modo a reduzir o numero de gestos dos operários e ganhar tempo.

  • Fordismo – a palavra derivada de Henry Ford, industrial americano de automóvel e criador de marca que ainda hoje tem o seu nome. Utilizou na produção de métodos revolucionários – a montagem em serie – o que permitiu produção de automóveis em menos tempo em a menor custo e pagar melhor aos operários.

Sociedade e cultura num mundo em mudança

Entre 1871 e 1914, a Europa e os estados unidos conheceram um período de acalmia e de prosperidade:



  • O ocidente viveu em paz

  • A economia progrediu especialmente na indústria e no comércio

  • As cidades cresceram e melhoraram os espaços públicos, os transportes e redes de saneamento

  • Os progressos técnicos proporcionaram comodidade e bem-estar

A esta época deu se o nome de Belle Époque.

Os “loucos anos 20” Na década de 1920, o mundo ocidental estava numa fase de desenvolvimento económico, graças a isso as populações alteraram os padrões de vida., ou seja, aumento do numero de membros das classes medias e de consumidores. Para além disto a mulher alterou os seus hábitos e ganhou novo estatuto no vestuário e na liberdade do seu dia a dia, podendo assim ter um emprego e em alguns países poder votar.



Os Mass media( meios de comunicação)

A partir do século XX a cultura estendeu se em mais amplas camadas da população – (culturas de massas) .Para o seu aparecimento contribuíram vários meios de comunicação:



  • A imprensa – o jornal surgiu no século XX , nas grandes cidades americanas . Através dos jornais e das revistas, vulgarizaram se novos géneros, como o romance policial e a banda desenhada.

  • O cinema – no inicio eram mudos e de curta duração, os filmes mais antigos apresentam espetáculos de pugilismo e cenas de circo.

  • A rádio – começou nos E.U.A. mas de seguida alastrou se para a Europa. Era uma maneira de propaganda e com este meio passaram a ter acesso a espetáculos e a noticias.

Outros meios

O teatro, as exposições de arte e o desporto contribuíram também para a cultura de massas.



87No desporto popularizam se principalmente o boxe, a corrida de carros, o ténis mas em particular o futebol.



©livred.info 2017
enviar mensagem

    Página principal