É Nome: Graça Penha Nascimento Rossetto



Baixar 147,41 Kb.
Página5/6
Encontro11.09.2017
Tamanho147,41 Kb.
1   2   3   4   5   6
.

CARVALHO, Juliano Maurício de; GROSSI, Ângela M. . Lei de comunicação de massa: avanços e retrocessos para a TV segmentada. In: XXII Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação, 21., 2000. Rio de Janeiro. Anais eletrônicos do XXII Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação. Disponível em .

CERVO, Amado Luiz e BERVIAN, Pedro Alcino. Metodologia científica: para uso dos estudantes universitários. 3. ed. São Paulo: McGraw-Hill do Brasil, 1983.

CHAROUX, Mônica. TV paga flexibiliza-se para driblar estagnação. Revista About, São Paulo, vol.2, n.3, março 2001, p.21-28

CHIARI, Tatiana. Pensar produção: manual de produção de telejornalismo para televisão universitária. [1995?]. Disponível em: . Acesso em: 2 abr. 2004.

COUTINHO, Iluska e MATTOS, Marilene. TVs universitárias como espaço para uso laboratorial e de democratização do acesso aos saberes em telejornalismo. In: Felafacs – Federação latino-americana das faculdades de comunicação social, Mímeo, São Paulo, 2000.

DANTAS, Marcos. Uma alternativa para as telecomunicações no cenário da globalização: a Brasil Telecom. Comunicação & Política, São Paulo, vol. 5, n.1, jan./abr. 1998, p. 7-48.

DUARTE, Luiz Guilherme. A televisão segmentada e o modelo americano. Revista Brasileira de Comunicação, São Paulo, vol. 16, n.2, jul.-dez. 1993, p.106-114.

_________. É pagar para ver: a TV por assinatura em foco. São Paulo: Summus, 1996.

DUARTE, Rosemary Martins. TV a Cabo em Vitória: uma análise sobre o impacto que a nova mídia provoca e as mudanças no mercado dominado pelas TV’s abertas. 1999. 129f. Monografia (Pós-Graduação em Políticas de Comunicação Organizacional) – Programa de Pós-Graduação em Políticas de Comunicação Organizacional, Universidade Federal do Espírito Santo, 1999.

ESPECIAL Meio & Mensagem tv por assinatura. Meio&Mensagem, São Paulo, 16 fev. 2004. Parte integrante do Jornal Meio&Mensagem de 16 fev. 2004.

ETGES, Helio Afonso. As políticas de televisão a cabo: um estudo comparado entre Brasil e Argentina. 1997. Dissertação (Mestrado em Comunicação Social) – Programa de Pós-Graduação em Comunicação Social Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Santa Cruz do Sul, 1997.

FADUL, Anamaria. A internacionalização da mídia brasileira. Comunicação & Sociedade, São Paulo, n.30, julho 1998, p.67-91.

FESTA, Regina; SANTORO, Luiz Fernando. A terceira idade da TV: o local e o internacional. In: NOVAES, Adauto. (Org.). Rede imaginária: televisão e democracia. São Paulo: Companhia das Letras, Secretaria Municipal de Cultura, 1991, p.179-195.

FERRARI, Flávio. Como se diz “share of pocket” em português? Revista PayTV, São Paulo, ano 9, n. 99, p. 22-23, nov. 2002.

FERREIRA, Eduardo de Melo. TV a cabo no Brasil: mudança apenas quantitativa ou nova dimensão na comunicação social? Revista Brasileira de Comunicação, São Paulo, vol. 19, n.1, jan.-jun. 1996, p.123-129.

_________. TV local a cabo: comunidade e mercado. In: XXI Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação, 21., 1998. Recife. Anais eletrônicos do XXI Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação. Disponível em .

FÓRUM NACIONAL PELA DEMOCRATIZAÇÃO DA COMUNICAÇÃO. Dossiê caso da TV por cabo. Brasília: mímeo, 1991.

FRANCO, Marília. Canais universitários de TV a cabo – TV USP. Comunicação & Educação, São Paulo, n.12, maio.-ago. 1998, p.118-124.

FRAUENDORF, José Luiz. Informação é a alma do negócio. Revista PayTV, São Paulo, ano 6, n. 56, p. 20-22, mar. 1999.

FROTA NETO, Antonio. Comunicação no poder e TV comunitária. Porto Alegre: Rígel, 1993.

GALLIANO, A Guilherme. O método científico: teoria e prática. São Paulo: HABRA, 1986.

GASTAL, Rita. TV a cabo: origem, tecnologia e evolução no Brasil. Pelotas: EDUCAT, 1995.

GIL, Antônio Carlos. Métodos e técnicas de pesquisa social. 4 ed. São Paulo: Atlas, 1994.

GLEISER, Luiz. As perspectivas da produção nacional para pay TV. Revista PayTV, São Paulo, ano 3, n. 26, p. 48-49, set. 1996.

GODOI, Guilherme Canela de Souza. Históricos e perspectivas: uma análise da legislação e dos projetos de lei sobre radiodifusão no Brasil. Cadernos do Ceam, Brasília, n.6, p. 93-123, 2001.

GOMES, Angela Nelly. Gente que paga TV: o telespectador da TV por assinatura no Brasil. 1998. Dissertação (Mestrado em Comunicação Social ) – Programa de Pós-Graduação em Comunicação Social, Universidade Metodista de São Paulo, São Bernardo do Campo, 1998.

GOMES, Neidecy Torchia do Nascimento. TV por assinatura: uma interface da comunicação com a educação do trabalhador. 2001. Dissertação (Mestrado em Comunicação Social) – Programa de Pós-Graduação em Comunicação Social, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Barra Mansa, 2001.

GUERIN, Yhevelin; JACKS, Nilda. O desenvolvimento da pesquisa de audiência na TV paga no Brasil. Revista InTexto, Porto Alegre, n.4, 1998. Disponível em: <http://www.intexto.ufrgs.br/v1n4/a-v1n4a6.html>. Acesso em: 24 mar. 2004.

GUIMARÃES, Iara Vieira. Escola e televisão: para além dos antagonismos. Comunicação & Educação, São Paulo, n.21, maio-ago. 2001, p.17-22.

GUIMARÃES, Maria das Graças Souza. A economia da televisão a cabo no Brasil – um estudo de caso. 1998. Dissertação (Mestrado em Comunicação Social) – Programa de Pós-Graduação em Comunicação Social, Universidade de Brasília, Brasília, 1998.

GUIMARÃES, Thiago dos Santos; TOLEDO, Rita de Cássia Paterlini. Os canais locais na implantação da TV a cabo de Vitória, Espírito Santo. 2002. Livro-reportagem (Graduação em Comunicação Social – Jornalismo), Faculdades Integradas São Pedro, Vitória, 2002.

HALASZ, Iwan Thomas. O que pretende a Norma Complementar da Lei de TV a Cabo? Revista PayTV, São Paulo, ano 3, n. 20, p. 44-48, mar. 1996.

_________. Sinal da Net-SP sofre interferências de várias origens. Revista PayTV, São Paulo, ano 5, n. 48, p. 48-50, jul. 1998.

HECK, Maria Cristina. Novas tecnologias e velhos receptores: a recepção da TV via antena parabólica entre os idosos do município de Alecrim-RS. In: XXII Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação, 21., 2000. Rio de Janeiro. Anais eletrônicos do XXII Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação. Disponível em



1   2   3   4   5   6


©livred.info 2017
enviar mensagem

    Página principal